segunda-feira, 16 de Julho de 2012 11:12h Gazeta do Oeste

Governo inicia restauração e duplicação do acesso ao Aeroporto de Confins

O Governo de Minas iniciou, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-MG), as obras nas rodovias estaduais MG-424 e LMG-800, que dão acesso ao Aeroporto Internacional de Confins com vistas à Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. No total, serão recuperados 20,5 quilômetros, com investimentos de R$ 101 milhões pela empresa Torc.

 

O trecho da MG-424, de 16,8 quilômetros, será restaurado, enquanto o da LMG-800, de 3,7 km de extensão, será restaurado e duplicado. A previsão de conclusão das duas obras é janeiro de 2014. Os recursos foram obtidos através de um financiamento do Governo de Minas junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES).

 

O governador Antonio Anastasia ressaltou o esforço do Governo de Minas para a realização das obras de infraestrutura em todo o Estado. “Estamos trabalhando para dotar o Estado da melhor estrutura possível para a realização da Copa de 2014, para recebermos bem os turistas que vão nos visitar e para mostrar ao Brasil e ao mundo que temos todas as condições de abrigar grandes eventos internacionais”, afirmou o governador.

 

A melhoria das rodovias estaduais é um dos principais projetos de mobilidade do Governo de Minas. A iniciativa é um dos compromissos da Matriz de Responsabilidade, o documento firmado entre os Governos federal, estadual e municipal das 12 cidades que vão sediar a Copa de 2014, em janeiro de 2010.

 

O secretário de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles, destaca a importância de obras como essa para os turistas e também para os moradores da capital. “O Governo de Minas dá um passo importante para dotar o vetor norte e o aeroporto de Confins com obras que vão contribuir para a mobilidade, primeiro para atender a Copa de 2014 e depois incorporando a vida dos moradores da região metropolitana de Belo Horizonte”, afirmou.

 

Os trechos estão no Vetor Norte da Região Metropolitana de Belo Horizonte, hoje com forte tendência de expansão econômica a partir da chegada da Cidade Administrativa na região, em 2010. Agregam ainda valor à atual reforma do Aeroporto de Confins, cuja capacidade será ampliada de 10,2 para 16,5 milhões de passageiros por ano.

 

A obra do terminal 1 do principal aeroporto do Estado inclui adequação de estacionamentos, construção de nova área de carga e descarga, ampliação da área comercial, substituição de escadas rolantes, instalação de 17 elevadores e reforma dos pontos de check-in. A reforma será concluída em dezembro de 2013, segundo a Infraero.

 

 

 

 

 

 

AGÊNCIA MINAS

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.