quinta-feira, 9 de Julho de 2015 13:13h

Governo mineiro e BB viabilizam prorrogação de 13 mil financiamentos rurais de produtores afetados pela seca

Medida beneficia 101 cidades do Norte de Minas e do Vale do Jequitinhonha

O Banco do Brasil acaba de aprovar a prorrogação de dívidas dos produtores rurais de 101 cidades localizadas no Norte de Minas Gerais e no Vale do Jequitinhonha. A decisão vai ao encontro de solicitação formulada ao BB pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa), com base em nota técnica elaborada com apoio da Emater-MG, Epamig e IMA, com dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
A medida contempla a prorrogação simplificada para operações vencidas e vincendas no período de 1º de janeiro de 2015 a 31 de dezembro de 2015, totalizando 13 mil operações. As condições são as seguintes:

- Operações de custeio: o prazo da prorrogação será de três anos, para pagamento em três parcelas anuais. A primeira parcela vence em 2016;

- Operações de investimento e custeio prorrogado de safras anteriores: o prazo será prorrogado para um ano após o vencimento final do contrato.

Atenção: é necessário que o produtor rural procure sua agência de relacionamento do Banco do Brasil, até o próximo dia 17 de julho, para manifestar formalmente seu interesse em prorrogar suas operações.

Para produtores que residem em outras regiões, já existem normas específicas sobre a possibilidade de pleitear a prorrogação de operações de crédito rural, desde que seja comprovada a incapacidade de pagamento do mutuário, ocasionada pela frustração total ou parcial de safras por fatores adversos, dentre outras condições admitidas. As agências do BB também estão aptas a fornecer orientações sobre critérios e requisitos para enquadramento em tais situações.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.