sábado, 11 de Agosto de 2012 08:18h Gazeta do Oeste

Grevistas provocam caos em Confins e distribuem pizza

Só estão sendo emitidos passaportes para pessoas que comprovem que precisam do documento com urgência. Diariamente, são emitidos cerca de 1.200 passaportes em Minas. Com a greve, este número foi reduzido em 95%.

Os Polícias Federais de Minas Gerais que estão em greve desde a última terça-feira (7) decidiram, durante assembleia extraordinária realizada na noite desta sexta-feira (10), que irão intensificar a Operação Padrão no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, Região Metrolitana de Belo Horizonte. No próximo domingo (12), os policiais irão distribuir fatias de pizza durante protesto no aeroporto.

 


Durante a reunião desta noite, os policiais definiram ainda que o movimento grevista continua pelo menos até a próxima quinta-feira (16). No dia anterior, a categoria irá se encontrar com representantes do Ministério de Planejamento, em Brasília, para discutir as reinvidicações dos policiais.

 



O Sindicato dos Policiais Federais de Minas Gerais (Sinpef) informou que o protesto faz parte das ações do comando de greve da categoria, que reivindica a reestruturação da carreira, reajuste salarial e maior efetivo nos postos de fiscalização.

 


Por causa da operação padrão, os voos em Confins estão sofrendo atrasos no embarque e desembarque. Os policiais estão intensificando o serviço de fiscalização, como a checagem de todas as bagagens com cães farejadores, além de passar as bolsas e malas pelo scanner. Segundo o Sinpef, atualmente o aeroporto conta com o efetivo de apenas quatro policiais federais de plantão, quando o contingente deveria ser de no mínimo dez funcionários.

 



Além disso, só estão sendo emitidos passaportes para pessoas que comprovem que precisam do documento com urgência. Diariamente, são emitidos cerca de 1.200 passaportes em Minas. Com a greve, este número foi reduzido em 95%.

 

 

 

 

 

 

HOJE EM DIA

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.