sábado, 24 de Maio de 2014 07:17h

Hemominas vai ampliar canais de atendimento para acompanhar alta procura por doações

A partir desta semana, pontos de atendimento no canal 155 para o procedimento serão ampliados; agendamento pode ser feito para até dez dias

Diante da necessidade de doações diárias e da alta procura por doações, expressão da solidariedade de muitos mineiros, o Hemominas vai ampliar seus canais de atendimento. As ligações no 155 para agendamento de doações de sangue pularam de uma média, em abril, de 380 ligações/dia para 2.100 ligações/dia, desde a última sexta-feira (16/05). Os pontos de atendimento da opção oito (8 – Hemominas) conseguiram atender, nos últimos dias, utilizando sua capacidade máxima, uma média diária de 800 ligações.

“O Hemominas reconhece o caráter extremamente solidário dos mineiros que, a partir do momento em que a imprensa noticiou a necessidade de sangue e a situação dos procedimentos clínicos programados na capital, acorreram ao agendamento e se dirigiram sem demora às unidades de coleta para efetuarem sua doação”, salienta Júnia Cioffi, presidente da Fundação Hemominas. Júnia esclarece que, a partir desta semana, serão ampliados os Pontos de Atendimento no canal 155, na opção 8, a fim de diminuir a espera nas ligações.

Segundo a presidente Júnia Cioffi, a doação é um processo individualizado e que demora no mínimo uma hora, no caso de um atendimento regular. “A orientação é que todo doador seja atendido, mesmo que precisemos ampliar as coletas internamente após o fechamento da unidade. O ideal é que possamos distribuir a coleta ao longo do período de atendimento diário de cada unidade no estado. Somente em Belo Horizonte temos três unidades, uma na região do Barreiro, outra na região de Venda Nova e uma mais central, atrás do Parque Municipal”, informa.

Outra informação importante é que, por meio do 155, pode-se agendar doações em todas as unidades da rede Hemominas, para os próximos dez dias, o que facilitaria a distribuição dos doadores mantendo a coleta regular, diária e com hemocomponentes com diferentes prazos de validade para utilização. “O sangue doado hoje pode ser utilizado em até 42 dias, no caso das hemácias. As plaquetas podem ser transfundidas em até cinco dias. Por isso, precisamos de doações todos os dias. Daí a importância do agendamento com um prazo maior, e em todos os horários disponíveis nas unidades. Pedimos a compreensão dos doadores quanto à nossa capacidade de absorver todos os agendamentos no 155, o que esperamos melhorar já. O empenho do cidadão em doar sangue é uma demonstração de solidariedade ímpar”, salienta Júnia Cioffi.

Para mais informações sobre os critérios para doação de sangue e o cadastro de medula óssea, acesse www.hemominas.mg.gov.br.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.