terça-feira, 18 de Setembro de 2012 14:40h Gazeta do Oeste

Herói do mensalão, ministro Joaquim Barbosa irá julgar habeas corpus de Bruno

O ministro Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal (STF), que virou herói na internet após condenar nove réus do mensalão, será o responsável por julgar o pedido de liberdade de Bruno Fernandes. O goleiro, suspeito no desaparecimento e morte de Eliza Samudio, está preso desde julho de 2010 e, desde dezembro do ano passado, aguarda o julgamento do pedido de liberdade.

Segundo o advogado de defesa, Francisco Simim, o futuro de Bruno está perto de ser definido e a expectativa é que a decisão ocorra em no máximo 30 dias. "No fim da semana, irei até Brasília na tentativa de agilizar a apreciação do habeas corpus", disse.

O otimismo não é só parte dos advogados. Na tarde de segunda-feira (17), Simim visitou o atleta na penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, e disse que ele está tranquilo e confiante. " O que ele deseja é voltar a jogar. Quando for solto, Bruno irá se apresentar ao Flamengo junto com os advogados", afirmou Simim. O STF confirmou a redistribuição do processo depois da aposentadoria de Cezar Peluso.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.