sábado, 1 de Setembro de 2012 09:05h Gazeta do Oeste

Hospitais do Estado vão informar aos pacientes do SUS os gastos com atendimento

Os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) serão agora fiscais dos gastos nos Hospitais do Estado. Nesta sexta-feira a Secretaria de Estado de Saúde e a Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig) lançaram o programa Conta Paciente. A ação consiste em fazer uma prestação de contas aos pacientes para mostrar os custos dos serviços utilizados por ele.

 

 

A primeira unidade a fazer parte do programa será o Hospital Infantil João Paulo II. A partir de segunda-feira, todos os pacientes que tiverem alta receberão uma nota fiscal mostrando todos os gastos usados no tratamento e/ou internação. O objetivo, segundo a Fhemig, é dar mais transparência no investimento usado nos atendimentos. A expectativa é que o Conta Paciente seja implantado em todos os hospitais da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais até a Copa de 2014.

 

Se o paciente tiver alguma dúvida quanto aos valores ou ao número e a espécie dos procedimentos realizados, poderá acionar a Ouvidoria pelo número que seguirá na própria nota que receberá do hospital.

 

 

Para o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Antônio Jorge de Souza Marques, os usuários do SUS passam a ser um grande aliado. “A ‘Conta Paciente’ torna o paciente um fiscal dos custos realizados pelo governo para atendê-lo nos hospitais do Estado. A conta traduz a racionalidade e a eficiência dos gastos públicos. Embora a saúde não tenha preço, ela tem custo”, afirmou o secretário. 

 

 

 

 

 

 

 

 

EM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.