quinta-feira, 21 de Novembro de 2013 09:45h

Hospital Regional Antônio Dias recebe acreditação nível 2

A certificação é feita pela Organização Nacional de Acreditação e atesta a melhoria na qualidade dos serviços prestados pelo hospital

O Hospital Regional Antônio Dias (HRAD), em Patos de Minas, que integra a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), recebeu, nesta quarta-feira (20), o certificado de Acreditação Hospitalar ONA nível 2. A certificação é feita pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e atesta a melhoria na qualidade dos serviços prestados pelo hospital. A metodologia da acreditação tem como objetivo promover a implantação de um processo permanente de avaliação e de certificação da qualidade dos serviços de saúde, permitindo o aprimoramento contínuo da atenção, de forma a melhorar a qualidade da assistência.

O evento reuniu diversas autoridades, entre elas, o presidente da Fhemig, Antonio Carlos de Barros Martins; a diretora do HRAD, Maria de Fátima Braz; o secretário municipal de Saúde de Patos de Minas, Dirceu Diocleciano Pacheco; o reitor do Centro Universitário de Patos de Minas (Unipam), professor Milton Roberto de Castro; o pró-reitor de Ensino, Pesquisa e Extensão da Unipam, professor Fagner Oliveira de Deus; além dos diretores da Fhemig, Henrique Timo Luz, da Diretoria Assistencial (DIRASS), Cláudio Rodrigues Damasceno de Andrade, da Diretoria de Planejamento, Gestão e Finanças (DPGF) e Hilda Maria Silveira Mesquita Zschaber, da Diretoria de Desenvolvimento Estratégico (DIEST).

De acordo com o presidente da Fhemig, Antonio Carlos de Barros Martins, essa conquista é fruto de um esforço conjunto da direção e de todos os profissionais do HRAD, juntamente com a equipe do setor de Acreditação da Administração Central (ADC) da Fhemig. “Todos estão de parabéns pelo empenho, dedicação e competência que foram essenciais para que esse sonho se tornasse possível. Temos consciência de que, com essa conquista, aumentam também a nossa responsabilidade e o nosso compromisso com uma assistência ainda mais qualificada”, ressalta.

O secretário municipal de Saúde de Patos de Minas, Dirceu Diocleciano Pacheco, também congratulou toda a equipe do HRAD pela acreditação alcançada. “Parabenizo os servidores por essa conquista, que, certamente, beneficiará a população de toda a macrorregião Noroeste de Minas Gerais. Afinal, trata-se de um hospital de excelência no atendimento ao cidadão, referência em qualidade para a saúde pública”, disse.

Para alcançar o nível 2, o Hospital Regional Antônio Dias alinhou todos os processos assistenciais e administrativos, promovendo melhorias no atendimento, nas rotinas, serviços, treinamentos e capacitação dos profissionais. O trabalho vem sendo desenvolvido desde 2011, quando o HRAD alcançou certificação em nível 1.

Salto de qualidade

O HRAD foi o primeiro hospital público de Minas Gerais a ser agraciado com a Certificação ONA nível I, em agosto de 2011. A manutenção da certificação ocorreu em setembro de 2012 e a auditoria foi realizada em agosto deste ano, culminando com a Certificação ONA nível II. Para a diretora do HRAD, Maria de Fátima Braz, inúmeras vantagens vieram com a Acreditação Hospitalar. “Eventuais entraves nos procedimentos foram diagnosticados e soluções efetivas e permanentes foram definidas para o aprimoramento dos serviços. Portanto, ocorreram expressivas melhorias na estrutura física do hospital, tais como as reformas do SND, CME, laboratório, raio-x, entre outras”, afirma.

A diretora ainda ressalta outras importantes melhorias dos processos. “Podemos citar a realização de pesquisa de satisfação do cliente interno e externo; o monitoramento dos riscos assistenciais e administrativos; a análise estratégica aliada aos objetivos da Fhemig e o melhor entendimento e aplicabilidade das legislações”, aponta.

Hoje, o HRAD conta com sistema de rastreabilidade de materiais esterilizados e medicamentos. Além disso, equipamentos de ponta foram adquiridos. Foram implantados ainda a classificação de risco à beira-leito;  o Protocolo de Manchester; o sistema informatizado de prescrições, solicitações de exames e evoluções médicas e de enfermagem; a aplicação do Protocolo de Cirurgia Segura; o controle de eventos adversos e eventos sentinela; a efetivação de enfermeiros especializados em áreas críticas; o controle dos exames ocupacionais e cursos de aperfeiçoamento para os servidores; resultando, dessa maneira, na efetivação de maior segurança para os pacientes e servidores.

Metodologia desenvolvida pela ONA

A acreditação é uma metodologia de qualidade desenvolvida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), organização não-governamental, de direito privado, sem fins lucrativos, e de interesse coletivo caracterizada como pessoa jurídica, com abrangência de atuação nacional. O alcance dos objetivos e valores determinados pela ONA acontece com a melhoria da prática de gestão e padronização de processos, segundo o manual publicado pela organização. O nível 1 do Manual Brasileiro de Acreditação Hospitalar é baseado na Segurança; o 2, na Gestão Integrada; e o Nível 3, na Excelência em Gestão, subdividido em requisitos que devem ser atendidos pelas instituições de saúde. Todas essas questões são avaliadas nas visitas de certificação e verificadas evidências para definição da situação da unidade, seu desempenho e interação de processos nas áreas de apoio.

Histórico

O Hospital Regional Antônio Dias, localizado no centro de Patos de Minas, a 400 km de Belo Horizonte, foi inaugurado em 1930. Na década de 1960, o hospital passa a ser a administrado pela Secretaria de Estado da Saúde/MG. De 1975 até outubro de 1977, é administrado pela Fundação Ezequiel Dias e, a partir desta data, torna-se uma unidade da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais.

Atualmente, o HRAD é referência regional em atendimento de urgência e emergência em pediatria, clínica médica, cirurgia-geral, ortopedia, toxicologia, neurologia, neurocirurgia e ginecologia e obstetrícia, para uma população de aproximadamente 600 mil habitantes, dos 30 municípios da macrorregião Noroeste. Presta atendimento ambulatorial eletivo em ortopedia, cirurgia-geral, otorrinolaringologia, cirurgia plástica reparadora, bucomaxilo facial e odontologia para pacientes portadores de necessidades especiais. A unidade tem convênios com instituições de ensino técnico e superior na formação de profissionais na área de saúde e residência médica em clínica geral.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.