segunda-feira, 17 de Novembro de 2014 05:23h

Iepha lança 2ª edição do Guia de Bens Tombados de Minas Gerais

Obra apresenta os trabalhos do instituto em prol da preservação do patrimônio cultural desde sua fundação em 1971

Viajar e conhecer as riquezas culturais de Minas Gerais sem sair do lugar será possível a partir de novembro, quando a 2ª edição do Guia de Bens Tombados será lançada. Os bens materiais protegidos pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha) estão reunidos em uma publicação que conta detalhes históricos de cada um deles.

Cento e trinta e quatro monumentos de 132 cidades mineiras entre, igrejas, fazendas, casarões, conjuntos arquitetônicos, paisagístico, centros históricos e arqueológicos fazem parte da obra que narra os trabalhos do instituto em prol da preservação do patrimônio cultural desde sua fundação em 1971. Estudiosos, pesquisadores, estudantes, agentes culturais, jornalistas e demais protetores do patrimônio cultural poderão utilizar o Guia de Bens Tombados como fonte de pesquisa.

Os textos foram escritos pelos próprios servidores do Iepha, que recorreram às pesquisas e processos que originaram cada um dos tombamentos. A 2ª edição do Guia foi dividida em dois volumes, já que houve a inclusão de novos bens, aumentando, consequentemente, o número de páginas, passando de 400 da primeira edição para 552 nesta segunda. Na produção dos textos valeu-se de todo acervo de documentação acumulado pelo Iepha – projetos, vistorias, relatórios, diagnósticos – que se encontra armazenado nos arquivos correntes e sob a guarda da Gerência de Documentação e Informação.

Para o presidente do Iepha, Fernando Cabral, o Guia de Bens Tombados é uma das principais ferramentas de difusão do órgão. “Através do Guia qualquer cidadão poderá conhecer as histórias dos bens tombados pelo estado que fazem parte da memória de Minas Gerais”, afirmou Cabral salientando ainda que só foi possível publicar essa obra devido o esforço e dedicação de cada um dos técnicos que trabalharam na instituição nestes 43 anos e envolvidos no processo de produção desta obra.

Em 2013 já havia sido lançado a 1ª edição do Guia, porém contemplando apenas os tombamentos realizados pela instituição entre 1971 e 2002.  A publicação será direcionada às prefeituras municipais, institutos de pesquisa e proteção do patrimônio cultural, centros de memória e museus, entre outros.

O lançamento da 2ª edição do Guia de Bens Tombados será dia 19 de novembro, quarta-feira, às 18h, no auditório da Academia Mineira de Letras, que fica na rua da Bahia, 1466, centro de Belo Horizonte.

Resgate da memória de bens culturais

O Palácio da Liberdade, localizado na Praça da Liberdade, construído para ser a residência oficial do governo estadual, foi o primeiro bem tombado pelo Iepha, em janeiro de 1975. A 2ª edição do Guia de Bens Tombados narra com detalhes a história desse bem cultural desde sua construção no século XX, até meados de 2006 quando foi realizada uma intervenção abrangente, tornando a edificação mais íntegra. Atualmente, com transferência da sede do Governo de Minas Gerais para a Cidade Administrativa, o Palácio da Liberdade é utilizado em solenidades de representação do governo e está aberto à visitação pública aos domingos.

Na zona rural do município de Santa Luzia, Região Metropolitana de Belo Horizonte, se encontra outro bem tombado pelo Iepha e que tem sua história contada e registrada no Guia, o Mosteiro de Macaúbas, que completa em 2014 seu tricentenário. Tombado em agosto de 1978, o Mosteiro guarda em seu interior um acervo de bens móveis e integrados. Na parte externa foi construída a Capela de Nossa Senhora da Conceição, decorada pelo mestre entalhador Manuel Antonio Azevedo Peixoto, o qual executou três retábulos entalhados, policromados e dourados no estilo rococó, datados de 1767. Esses e outros 132 bens tombados fazem parte dos volumes desta 2ª edição do Guia.

Serviço:

Lançamento da 2ª Edição do Guia de Bens Tombados IEPHA/MG

Data: 19 de novembro

Local: Academia Mineira de Letras – Rua da Bahia, 1466, Centro, Belo Horizonte

Horário: 18h

iepha, lanca, edicao, guia, bens, tombados, minas, gerais

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.