terça-feira, 29 de Outubro de 2013 11:18h

Igam promove evento para preparar municípios para período de chuva

O III Seminário do Plano de Ação para o Período de Chuvas 2013-2014 acontece na Cidade Administrativa

O Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) promove nesta quarta-feira (30), no auditório JK, na Cidade Administrativa, o III Seminário do Plano de Ação para o Período de Chuvas 2013-2014. O evento, voltado para prefeitos, administradores e representantes das defesas civis municipais, tem como objetivo apresentar as ferramentas que o instituto opera e que são capazes de alertar sobre os riscos de temporais e enchentes.

O encontro tem ainda como meta destacar a importância da elaboração dos planos de contingência dos municípios por meio do qual é possível levantar cenários de risco de desastres e estabelecer ações de alerta e alarme em resposta a situações adversas, como as provocadas por fortes chuvas, como as previstas para o final deste ano e início do ano que vem.

Durante o seminário a equipe técnica do Igam apresentará o balanço dos alertas emitidos pelo Sistema de Meteorologia de Minas Gerais (Simge) entre 2012 e 21013. Será mostrado, também, o sistema de monitoramento operado pelo Instituto do qual faz parte o Radar Meteorológico. O evento será, também, oportunidade para a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec/MG) abordar a importância da elaboração dos Planos Municipais de Contingência e mostrarem para os administradores municipais como o documento deve ser elaborado.

O III Seminário Plano de Ação para o Período de Chuvas 2013-2014 é mais uma ação do Governo de Minas para preparar os municípios para as chuvas previstas para o final deste ano e início do ano que vem. No início deste mês, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) divulgou o Atlas de Vulnerabilidade a Inundações de Minas Gerais.

O mapa aponta as áreas mais vulneráveis a inundações a fim de facilitar a definição de ações que minimizem os efeitos negativos das chuvas. O trabalho destaca, ainda, o que as tempestades podem causar aos municípios quando não há prevenção. De acordo com dados da Cedec, além dos danos humanos e materiais, entre 2007 e 2012, as chuvas causaram prejuízo financeiro da ordem de R$ 1,6 bilhão.

Serviço:

II Seminário Plano de Ação para o Período de Chuvas 2013-2014

Dia 30/10/2013

Horário:9h

Local: Auditório JK – Cidade Administrativa de Minas Gerais

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.