quarta-feira, 12 de Janeiro de 2011 00:00h

Indústria mineira cresceu mais que a média nacional

A indústria de Minas Gerais cresceu mais que a média nacional em 2010, levando em conta o desempenho de janeiro a novembro, período em que houve um crescimento de 15,8% na produção industrial no Estado. O resultado é superior ao verificado na média do país, cujo percentual foi de 11,1%. Há 13 meses consecutivos a indústria de Minas Gerais vem crescendo, em franca recuperação da crise econômica internacional. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (11), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Para a secretária de Estado de Desenvolvimento Econômico, Dorothea Werneck, os números do IBGE confirmam a expansão da economia do Estado, que também tem se destacado no aumento da geração de empregos e volume de exportações.

“Essa posição no ranking nacional mostra que Minas Gerais está cumprindo a meta proposta pelo governador Antonio Anastasia de crescer acima da média nacional. O desempenho é bastante favorável, demonstra a força da economia. O ritmo mais acentuado de Minas Gerais é resultado dos investimentos em infraestrutura, que continuarão a ter prioridade”, disse Dorothea Werneck.

Os segmentos da indústria mineira que mais cresceram foram os de máquinas e equipamentos (65,3%), metalurgia básica (30,4%) e indústrias extrativas (33%). Em termos de produtos, os destaques nesses ramos foram: ferronióbio, chapas grossas de aços ao carbono e lingotes, blocos e tarugos de aços ao carbono e de aços especiais; minérios de ferro; e escavadeiras e motoniveladores.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.