quarta-feira, 26 de Agosto de 2015 14:09h

Instalação emergencial de flutuantes garantirá abastecimento de água em perímetros da Codevasf

Nesta semana, o destaque da Rádio Codevasf são os recursos liberados pelo governo federal, por meio do Ministério da Integração Nacional, voltados para a adequação de sistemas de captação que retiram água do rio São Francisco para a irrigação.

O governo federal, por meio do Ministério da Integração Nacional, investe cerca de R$ 38 milhões para a construção emergencial de canais de aproximação e para a aquisição de estruturas flutuantes. A ação vai assegurar a regularidade da oferta de água nos perímetros irrigados da Codevasf nos estados de Alagoas, Sergipe, Bahia e Pernambuco.

O primeiro contrato para implantação emergencial dessas estruturas já foi assinado pela Companhia e prevê intervenções no perímetro Itiúba, em Porto Real do Colégio, no semiárido alagoano. O diretor da Área de Gestão de Empreendimentos de Irrigação da empresa, Luís Napoleão Casado, disse que as medidas vão possibilitar aos agricultores uma melhor convivência com a estiagem.

“A equipe técnica da Codevasf elaborou projetos para que possamos conviver com possíveis problemas de captação de água em alguns perímetros, ou seja, estamos antecipando essas medidas baseados em informações meteorológicas”, explica o diretor da empresa.

De acordo com o engenheiro agrícola da Codevasf, Márcio Adalberto Andrade, a equipe técnica da empresa acompanha, diariamente, o andamento dos serviços.
“A Codevasf tem uma equipe técnica dando prioridade a essas ações, trabalhando exclusivamente na implementação de todas as obras e serviços necessários para instalação desses flutuantes nos perímetros irrigados”, destaca o engenheiro.

Também estão em andamento, procedimentos licitatórios e de contratação de serviços nos perímetros Betume, Cotinguiba-Pindoba e Propriá, em Sergipe; Nilo Coelho, Brígida, Icó Mandantes, Fulgêncio e Manga de Baixo, em Pernambuco, e Curaçá, Maniçoba e Pedra Branca, na Bahia. Ao todo, mais 16 mil agricultores serão beneficiados pelas ações.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.