terça-feira, 26 de Julho de 2016 17:18h Idene - MG

Integração entre Sedinor/Idene e BNB pretende incentivar novos empreendimentos em energia solar

O Norte de Minas tem se destacado no cenário nacional quando o assunto é a perspectiva da geração de energia fotovoltaica, em decorrência do elevado índice de radiação solar, condição determinante de competitividade para essa atividade

 Por isso, nos últimos meses a Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais, e seu órgão operacional, o Idene, têm articulado e participado de eventos envolvendo lideranças, autoridades e técnicos da área de energia para discutir ações convergentes para a viabilização desses projetos na região.

 

Na última semana, a Superintendência do Banco do Nordeste - BNB em Montes Claros recebeu um evento solicitado pelo sistema Sedinor/Idene. O encontro serviu para apresentação e debate com os analistas do Banco sobre os vários aspectos técnicos, legais e tributários vinculados à micro e minigeração distribuídas, dentro dos conceitos das Resoluções 482/2012 e 687/2015, da Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel.

 

 

 

O diretor de Captação Qualificação e Inclusão Regional do Idene, Davidson Barbosa, articulador do encontro, informou que o objetivo foi permitir aos analistas do Banco uma visão consistente sobre novas modelagens de negócios, no campo da geração distribuída de energia a exemplo do empreendimento já realizado no município de Várzea da Palma. Na sexta-feira (22/07), a planta da GD SOLA, que já está em operação no município e com capacidade de geração 1MW de energia, recebeu a visita da equipe técnica.

 

O representante do Idene ressaltou a importância da inclusão da Associação Brasileira de Energia Solar (Absolar) - no Acordo de Cooperação em construção pelo Banco do Nordeste e outras instituições, com o objetivo da operacionalização do FNE Sol (linha de financiamento à micro e à minigeração distribuída de energia elétrica) na Área Mineira da Sudene. O projeto garantirá linha de crédito para geração própria de energia renovável.

 

 

 

Davidson relatou o importante passo que o Banco do Nordeste está dando para o aproveitamento das potencialidades de energias renováveis no Norte de Minas Gerais. “Com essa nova linha de financiamento, oferecida pelo Banco, os empreendedores rurais e urbanos poderão desenvolver o seu próprio sistema de geração, ficando livres das oscilações da conta de energia” afirmou.

 

O evento contou com as seguintes palestras: 1. Panorama da Energia Fotovoltaica no País – Dr. Rodrigo Lopes Sauaia – Presidente da Absolar; 2. Política do Governo Estadual e Incentivos às Energias Renováveis - Guilherme Augusto Duarte de Faria – Superintendente de Política Energética da Secretaria de Desenvolvimento Econômico – SEDE. Fechando o Encontro, foram apresentadas diversas questões pelos técnicos do Banco, devidamente respondidas e esclarecidas pelo Dr. Rodrigo Sauaia. 

 

Participaram da reunião gestores técnicos da Central de Crédito de Varejo, da Central do Pronaf, da Superintendência do BNB, o diretor do Idene, o superintendente da SEDE- Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, e técnicos do Sebrae de Pirapora.

 

 

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.