segunda-feira, 19 de Outubro de 2015 10:13h

Ipsemg mantém parceria para inclusão profissional de pessoas com deficiência auditiva

Contrato com a Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis) chega a 15 anos, com os colaboradores marcados por dedicação e empenho

O Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) é o maior empregador de pessoas com deficiência auditiva em todo o território mineiro. Parte desse trabalho está representada em contrato firmado junto à equipe da Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis), parceria que acaba de completar 15 anos.

Em evento comemorativo, realizado na sexta-feira (16/10), com a presença de mais de cem funcionários, a Feneis apresentou uma retrospectiva do trabalho realizado pelas pessoas com deficiência auditiva no Ipsemg. Além disso, os colaboradores destacaram a importância de se sentirem devidamente incluídos no mercado de trabalho.

Maria Teresa Caetano Vidigal, da Gerência de Recursos Humanos, falou pelo Ipsemg e destacou o afinco dos profissionais no desempenho de suas funções. “Todos são dedicados e trazem o brilho nos olhos ao realizar as tarefas de suas responsabilidades. São empenhados e só acrescentam ao trabalho dos servidores. Cada um completa a equipe de trabalho onde atuam. Só temos a agradecer e parabeniza-los pelo empenho”, reforçou.

O gestor de Recursos Humanos da Feneis, Gilberto Santos, representou os deficientes auditivos e disse que todo o tempo de contrato é marcante para todos, uma vez que mostra o quanto o trabalho deles tem sido significativo. “A manutenção da parceria com o Ipsemg durante esses 15 anos deve-se à eficiência do trabalho de cada um de vocês. Com seriedade e responsabilidade na realização das tarefas determinadas,  conseguimos mostrar o quanto somos importantes naquilo que fazemos. A direção da Feneis agradece e apoia cada um que está dentro desta centenária Instituição pública", enfatizou.

Para comprovar as palavras do representante da Feneis, Evaldo Campos Almeida,  que está no Instituto desde o primeiro contrato, falou da importância do trabalho de pintor que realiza no Hospital Governador Israel Pinheiro (Hgip). “Com o meu trabalho, pago pelas minhas roupas, sapatos e faço minha vida diferente. Antes, eu não podia nada e, com o emprego que tenho na Feneis, por meio do contrato com o Ipsemg, eu sou uma pessoa que agora pode ter o que precisa sem depender de outras. É muito importante para mim o que eu faço aqui”, contou.

Atualmente, 128 colaboradores da Federação prestam serviços nas unidades do Ipsemg na capital.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.