quarta-feira, 3 de Dezembro de 2014 10:02h Atualizado em 3 de Dezembro de 2014 às 10:10h. Jotha Lee

IPVA em Minas sofre redução média de 3,73%

Aumento da frota de Divinópolis fica bem acima do crescimento estadual

A Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais divulgou ontem a tabela e a escala de pagamentos do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para 2015. A escala de pagamento começa no dia 19 de janeiro para os veículos com placas de final 1 e o contribuinte que decidir quitar o imposto à vista terá 3% de desconto.
O subsecretário da Receita Estadual, Gilberto Silva Ramos, anunciou o IPVA 2015 durante entrevista coletiva em Belo Horizonte. Ele explicou que haverá redução média de 3,73% da base de cálculo adotada em comparação com 2014. O subsecretário informou que o valor emitido em 2015 será de R$ 3,86 bilhões para uma frota de 8,67 milhões de veículos, que cresceu 5,73% em relação a 2014, ampliando a frota no Estado em 470 mil veículos.
O valor emitido, comparado com 2014, crescerá 13,53%, proporcionando um incremento de R$ 459 milhões. Com relação à Taxa de Renovação do Licenciamento Anual de Veículo (TRLAV), o valor total emitido é de R$ 615 milhões, ou seja, aumento de R$ 51 milhões em relação a 2014.
Além do desconto de 3% para pagamento em taxa única, o contribuinte também poderá parcelar o imposto em três vezes, com vencimentos em janeiro, fevereiro e março. O IPVA de veículos movidos exclusivamente a álcool tem desconto de 30%  em relação ao mesmo veículo movido à gasolina.

 

 

FROTA
De acordo com a Secretaria de Estado da Fazenda, a frota de veículos de Minas Gerais cresceu este ano em torno de 470 mil veículos e um total de 8,67 milhões de veículos estarão sujeitos ao pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores. A arrecadação do IPVA é dividia entre estados e municípios, ficando cada um com 40% do valor arrecadado. Os outros 20% são repassados ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb).
O superintendente de Arrecadação e Informações Fiscais da Secretaria de Estado de Fazenda, Osvaldo Lage Scavazza, informou que o IPVA poderá ser pago nas agências do Banco do Brasil, Mais BB, Banco Postal, Bradesco, Itaú, Bancoob, Mercantil do Brasil, HSBC, Caixa Econômica Federal, Santander e Casas Lotéricas. O superintendente esclareceu ainda que as alíquotas aplicadas ao IPVA 2015 são de 4% para automóveis, veículos de uso misto e utilitários, 3% para caminhonetes de carga (pick ups) e furgões e 2% para automóveis, veículos de uso misto e utilitários com autorização para transporte público, comprovadas mediante registro no órgão de trânsito na categoria aluguel. As motocicletas e similares têm alíquota de 2%, veículos de locadoras (pessoa jurídica) 1% e também de 1% para ônibus, microônibus, caminhões e caminhões-tratores.
O não pagamento do IPVA nos prazos estabelecidos gera multa de 0,3% ao dia (até o 30º dia), multa de 20% após o 30º dia e juros (Selic) calculados sobre o valor do imposto ou das parcelas, conforme o caso.

 

 

DIVINÓPOLIS
Até o dia 5 de novembro, último balanço feito pela Secretaria de Trânsito e Transportes (Settrans) 122.459 veículos haviam sido emplacados em Divinópolis. A cidade fechou 2013 com 114.692 veículos. Isso significa que somente até novembro o número de carros na cidade já cresceu esse ano 6,77% em relação a 2013, bem acima do crescimento da frota do Estado, que foi de 5,73%.
De acordo com as estatísticas da Settrans, o maior volume da frota da cidade é de automóveis particulares, que chega a 68.932. Para tentar maior agilidade no tráfego, o divinopolitano está apostando na agilidade das motocicletas, que já são 26.549 em circulação, contra pouco mais de 19 mil em todo o ano passado.
O IPVA acaba se transformando numa importante fonte de receita para os municípios. Divinópolis recebeu esse ano, até o mês de novembro, R$ 24,8 milhões referentes ao repasse do imposto. No ano passado o município embolsou R$ 23 milhões e em 2012 o repasse do IPVA rendeu R$ 21,5 milhões para os cofres públicos municipais.

 

FINAL DE PLACA COTA ÚNICA 1ª PARCELA JANEIRO 2ª PARCELA FEVEREIRO 3ª PARCELA MARÇO
1 19 23 33
2 20 23 23
3 21 24 24
4 22 24 24
5 23 25 25
6 26 25 25
7 27 26 26
8 28 26 26
9 29 27 27
0 30 27 27

 

 

Fonte: SEF/MG
Crédito: Carlos Alberto/Imprensa-MG

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.