segunda-feira, 3 de Setembro de 2012 09:46h Gazeta do Oeste

Lacerda vai mudar estrutura social de sua administração se for reeleito

O prefeito Marcio Lacerda (PSB), candidato à reeleição, prometeu ontem reformular a estrutura social de sua administração na próxima gestão, deixando implícita uma crítica à atuação do PT, que só deixou o comando da área pouco antes da eleição. “A estrutura de política social precisa de remodelação pois algumas áreas cresceram mais que as outras”, justificou. Ao afirmar que não pretende criar pastas sociais como anunciou seu principal adversário, Patrus Ananias (PT), argumentando que para isso é necessário fazer antes um estudo temático, Lacerda atacou: “Não conseguimos ter esse estudo temático porque essa era uma área controlada por pessoas com visão ideológica. A gente encontrou um certo preconceito para essa discussão, mas agora vamos fazê-la pois tem muita gente boa preparada na área social que quer cooperar com a gente”.

A declaração é uma resposta às críticas do ex-ministro de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, de que Lacerda teria dado pouca atenção à área social. Até junho, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social era comandada pelo petista Jorge Nahas, que deixou o cargo depois do rompimento da aliança entre PT e PSB. Dentro do partido, ele integrava o grupo que defendia o apoio ao prefeito. Anteontem, na companhia da ministra da Secretaria Especial de Política para as Mulheres, Eleonora Menicucci, Patrus disse que, se eleito, criará duas secretarias: uma para tratar da questão racial e outra de política para as mulheres.

Em visita ao aglomerado Cabana do Pai Tomás, na Região Oeste de Belo Horizonte, em companhia de seu candidato a vice, deputado estadual Délio Malheiros, Lacerda prometeu implantar na região o Vila Viva, programa de intervenção e reurbanização de vilas e favelas. “Todas as áreas de vulnerabilidade terão muitas obras. O Cabana é o último grande aglomerado sem obra do Vila Viva, mas vamos correr atrás dos recursos para implantá-lo aqui”, garantiu, enquanto pedia votos na principal rua do bairro, tomada por apoiadores do prefeito e de candidatos a vereador da região. Os candidatos aproveitaram o domingo ensolarado para travar uma verdadeira guerra de santinhos, carros de som e trios elétricos com jingles de campanha.

“Já fizemos muitas obras aqui, de urbanização, que contaram com recursos de mais de R$ 10 milhões. Estamos construindo um BH Cidadania (espaço para a integração de ações da prefeitura na área social, de saúde e educação) e temos duas escolas infantis já contratadas”, anunciou o prefeito, assegurando que vai manter uma conversa permanente com a comunidade para definirmos as obras prioritárias a serem feitas num eventual segundo mandato. Lacerda citou como prioridade obras para redução do risco geológico na região.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.