terça-feira, 19 de Maio de 2015 13:50h

Lucro da Cemig cresce no primeiro trimestre de 2015

A Companhia Energética de Minas Gerais - Cemig apresentou, nesta terça-feira (19/5), o lucro obtido no primeiro trimestre deste ano, de R$ 1,48 bilhão, o que representa um crescimento de 19% em relação ao mesmo período do ano passado

A Empresa registrou, ainda, uma geração de caixa, medida pelo Lajida, de R$ 2,57 bilhões, principalmente em função do aumento de 24,19% na receita líquida, que alcançou os R$ 5,8 bilhões.

 

De acordo com o presidente da Cemig, Mauro Borges Lemos, os números do primeiro trimestre refletem os esforços da Companhia na maximização dos resultados frente a um cenário que continua desafiador para o setor, devido às adversidades impostas pelo regime hidrológico.

 

“Continuamos focados na maximização dos resultados, buscando projetos rentáveis como o da UHE Itaocara, da qual fomos vencedores do leilão, que vem ao encontro da nossa visão estratégica: atuar no setor de energia com rentabilidade, qualidade e responsabilidade social, além de buscar a consolidação como líderes de mercado no setor de energia elétrica no Brasil”, afirma o presidente.

 

Mauro Borges Lemos cita também a estruturação da Aliança Geração de Energia, que vai elevar o  potencial de geração de novos negócios da Cemig, combinando experiências em gestão operacional, financeira e de projetos.

 

Segundo o Diretor de Finanças e Relações com Investidores da Cemig, Fabiano Maia Pereira, a Empresa está monitorando, por determinação do Conselho de Administração, todos os principais indicadores econômico-financeiros visando à sustentabilidade dos negócios da Concessionária no que diz respeito à saúde financeira da Companhia. “O Lajida, que mede a geração de caixa operacional no ano, foi de R$2,6 bilhões, apresentando um crescimento de 22,31% em relação ao mesmo período de 2014. O balanço patrimonial, frente ao novo panorama econômico e energético, apresenta solidez suficiente para garantir a continuidade dos projetos da Cemig via execução do Plano Diretor”, destaca.

 

A Cemig registrou, ainda, um aumento de 0,28% na energia vendida no primeiro trimestre deste ano sobre o mesmo período de 2014.

 

Perfil da Companhia

 

A Cemig, que completa 63 anos no próximo dia 22 de maio, é hoje a maior empresa integrada do setor de energia elétrica do País, sendo o maior grupo distribuidor, responsável por aproximadamente 12% do mercado nacional. É ainda o segundo maior grupo transmissor e o terceiro maior grupo gerador, com um parque formado por 79 usinas hidrelétricas, 3 térmicas e 23 eólicas, com uma capacidade instalada de 7.717 MW. No ano passado, a Concessionária foi selecionada, pela 15ª vez consecutiva, para compor a carteira do Dow Jones Sustainability World Index no período 2014/2015, mantendo-se como a única Companhia do setor elétrico da América Latina a fazer parte do DJSI World desde a sua criação, em 1999.

A Companhia está presente em 22 Estados e no Distrito Federal e opera uma linha de transmissão no Chile. Conta com mais de 115 mil acionistas em 44 países e ações negociadas nas Bolsas de Valores de Nova York, Madri e São Paulo.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.