quarta-feira, 7 de Novembro de 2012 13:02h Gazeta do Oeste

Mais um acidente com ônibus deixa quatro mortos na BR-494 em Itapecerica

Um grave acidente entre um ônibus e um carro deixou quatro mortos e outros dois feridos na tarde desta quarta-feira em Itapecerica, na Região Centro-Oeste de Minas Gerais. A batida aconteceu na BR-494. Essa é a segunda ocorrência envolvendo ônibus que causou óbitos em menos de 24h. Nessa terça-feira, sete pessoas perderam a vida e outras 38 tiveram ferimentos.

O acidente desta quarta-feira envolveu um ônibus que faz a linha Itapecerica/Divinópolis e um veículo Corsa. Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) o carro seguia em direção a Divinópolis. No km 69, o motorista perdeu o controle da direção, rodou na via, invadiu a pista contrária e colidiu de frente com o coletivo. De acordo com a PMRv, o carro estava em alta velocidade.

Todos os quatro ocupantes do Corsa, que ainda não foram identificados, morreram na hora. No ônibus estavam apenas o motorista e o trocador, que tiveram ferimentos leves e foram encaminhados para um hospital em Divinópolis.

A Polícia Civil ainda faz o trabalho de perícia no local. Os veículos pararam fora da pista e, por isso, o trânsito segue normalmente pela rodovia.

Tragédia no Sul de Minas

Seguem internados em hospitais de Alfenas, no Sul de Minas, nove pessoas que se feriram em um grave acidente nessa terça-feira na MG-184, em Alterosa. Na ocasião, sete pessoas morreram e outras 38 tiveram ferimentos. Três seguem em estado grave.

O veículo levava trabalhadores rurais de Conceição da Aparecida para Alterosa Segundo a Polícia Militar Rodoviária, o ônibus passou direto numa curva da estrada, após um pneu estourar. Ele caiu num barranco de pelo menos 10 metros de altura. Com o impacto, todos os vidros foram quebrados e a carroceria ficou bastante amassada. Alguns passageiros foram lançados para fora com seus pertences.

Os corpos de alguns trabalhadores estão sendo velados na cidade.

Veja os nomes das vítimas divulgados pela Prefeitura de Alterosa:


-Ana Lúcia da Silva Terra, 36, moradora de Alterosa e conhecida como Ana da Pedrina. Ela morreu no local do acidente e o velório ocorre em casa.
-Maria das Dores de Jesus, moradora de Alterosa e conhecida como Maria do Tião Lauro. Ela morreu a caminho do hospital e o velório ocorre em casa
-José Vitor da Silva morador de Alterosa e conhecido como José Vitor Leoné. O velório ocorre na Igreja da Nossa Senhora da Aparecida
-Hélio Moraes Menezes, 50, morador de Alterosa e conhecido como Botinho. O velório ocorre na Igreja da Nossa Senhora da Aparecida
-João Teodoro da Silva, morador de Alterosa e conhecido como João Dourado. O velório ocorre em casa.
-Silvana Luiz Gonçalves. Ela nasceu no Norte de Minas e o translado para sepultamento será feito para cidade de origem. O corpo é velado na Igreja da Nossa Senhora da Aparecida
-Maria do Amparo Pereira conhecida como Maria do Maranhão. O corpo dela ainda está no Instituto Médico Legal (IML) 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.