terça-feira, 16 de Setembro de 2014 09:52h

Mateus Leme institui semana da Consciência Negra para acabar com o preconceito racial e religioso

Data será comemorada com ações contra o racismo e a intolerância a cultura africana a partir deste ano

Acabar com o preconceito racial e diminuir a intolerância religiosa são os objetivos principais da lei n.º 2.671 sancionada no dia 03 de setembro pelo prefeito Marlon Guimarães e que institui a Semana da Consciência Negra em Mateus Leme. Proposta pelo vereador Cristiano Oliveira, a matéria foi aprovada pela Câmara por unanimidade e vai fixar no calendário oficial do município data para mobilização social e conscientização sobre a importância da cultura e das tradições afros no município.

Conforme o texto original, a Semana da Consciência Negra será comemorada na semana que incide o dia 20 de novembro, data em que é celebrado nacionalmente o Dia da Consciência Negra. “A aprovação deste projeto é mais um passo importante para a cultura e o desenvolvimento social de Mateus Leme que ao conviver mais de perto com todas as manifestações religiosas e culturais vai consolidando valores de tolerância e compreensão da diversidade de nosso país”, afirmou o prefeito.

Marlon assegura também a defesa dos direito das minorias e frisa que a aprovação da lei não é um ato do prefeito e sim uma ação de governo. “Todas as secretarias estão mobilizadas e vão apresentar projetos para tratar sobre o assunto, principalmente na Educação, setor que é o berço da formação cidadã”, completou.

Para comemorar a data a Prefeitura de Mateus Leme mobilizou a coordenadoria municipal de Cultura e os agentes culturais do município. “Realizamos uma reunião na última semana e fizemos um esboço da programação, que será oficializada até o final de outubro”, afirmou Gian Cavalcanti. Segundo ele, os alunos inscritos no curso de produção teatral do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) vão ajudar na organização da primeira semana da consciência Negra em Mateus Leme.

“A semana não será uma data programada para shows e evento. Nosso foco principal será a conscientização das pessoas sobre as atuais formas de racismo. Somente com informação e campanhas educativas poderemos combater todas as formas de preconceito”, concluiu Gian.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.