segunda-feira, 15 de Dezembro de 2014 07:07h

Memorial recebeu milhares de visitas em um ano de atividade

Além da exposição de longa duração, o Memorial da Assembleia também promoveu atividades especiais

Em um ano de funcionamento, completado em novembro, o Memorial da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) recebeu mais de 6.800 visitantes, entre espontâneos e agendados por meio dos programas de visitação da ALMG. Mais de 90% das visitas foram do público externo.

O Memorial é um centro de referência e de comunicação do legado político do Legislativo mineiro. Além da história do Parlamento, há informações sobre a produção legislativa e a criação de novos canais de participação popular, passando pelo papel da Assembleia em momentos de mobilização política da sociedade mineira. A exposição de longa duração é dividida em quatro módulos e busca no passado referências para a reflexão sobre as inquietações do presente.

“Esse espaço mantém viva e acessível a história de Minas e do Legislativo mineiro para todos os cidadãos. De forma interativa e lúdica, o Memorial é um convite às crianças, aos jovens e aos adultos a conhecer mais a vida política de Minas e dela participar ativamente”, afirma o presidente da Assembleia, deputado Dinis Pinheiro (PP). Para ele, além de um patrimônio cultural valioso para o Estado, o Memorial desenvolve um importante papel cívico.

Ações especiais marcaram a programação

Em seu primeiro ano de funcionamento, o Memorial também promoveu atividades especiais. Entre março e abril deste ano, por exemplo, quando a exposição 1964-1985: A Subversão do Esquecimento esteve aberta a visitação, o espaço propôs reflexões sobre os opostos memória/esquecimento, ditadura/democracia e censura/liberdade de expressão. Esse trabalho temático teve o objetivo de levantar questões sobre a atuação da Assembleia desde a redemocratização até os dias atuais.

Em maio, o Memorial participou da 12ª Semana Nacional de Museus, promovendo uma palestra sobre os bastidores da concepção, da pesquisa e da montagem da exposição e sobre seu programa educativo.

E, como parte das comemorações dos 25 anos da Constituição Estadual, o espaço ofereceu uma programação especial de visitas guiadas. Na ocasião, foram repassadas aos visitantes informações sobre a função da Constituição, o processo constituinte, a participação popular na elaboração da Constituição Mineira e o contexto político da época.

Revista - Também como parte das comemorações do primeiro aniversário do Memorial, a Assembleia realiza, em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura (SEC), o lançamento de dois novos fascículos da Revista do Arquivo Público Mineiro. Um deles traz artigos acadêmicos sobre a Assembleia Provincial, que abrange o período entre a primeira instalação da Assembleia, em 1835, e a Proclamação da República, em 1889.

A solenidade ocorrerá nesta quarta-feira (17), às 18 horas, no Salão Nobre. Devem participar do evento, além do presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro, a secretária de Cultura, Eliane Parreiras, a superintendente do Arquivo Público Mineiro, Vilma Moreira dos Santos, e autores dos artigos publicados na revista.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.