terça-feira, 28 de Fevereiro de 2012 09:13h Atualizado em 28 de Fevereiro de 2012 às 10:33h. Sarah Rodrigues

Micro e pequenas empresas de Minas esperam aumentar faturamento

Empreendimentos tem boas expectativas para 2012

Devido aos bons resultados de 2011, as MPEs (Micro e Pequenas Empresas) esperam aumentar o faturamento em 2012. Grande parte dos empreendimentos de Minas Gerais espera manter ou aumentar o faturamento no primeiro trimestre de 2012.
Mesmo com o otimismo o índice de expectativa dos empresários foi o menor em relação ao trimestre anterior e aos três primeiros meses do ano passado. Dados divulgados pela pesquisa de Expectativa das MPEs Mineiras, realizada pelo Sebrae/MG, com 549 empreendimentos dos setores de comércio, serviços, construção civil e indústria.  Cerca de 61,5% dos empresários estão otimistas. 
De acordo com a pesquisa 37% dos entrevistados esperam que o faturamento cresça no somatório dos meses de janeiro, fevereiro e março. A região Norte foi a que teve maior percentual de entrevistados que esperam este aumento (45%).  A maioria dos entrevistados espera estabilidade em relação ao número de postos de trabalho; investimento em máquinas e equipamentos; capacidade de produção instalada e aos custos financeiros e operacionais.
A pesquisa apontou ainda que os empresários manifestaram maior preocupação com os custos operacionais no primeiro trimestre deste ano, em relação ao último trimestre de 2011. Um dos fatores que pode ter influenciado nessa apreensão seria o aumento do salário mínimo e os impactos na folha de pagamento. 
Em outra pesquisa realizada pelo Sebrae, a Sondagem de Avaliação de Desempenho e Perspectivas das Micro e Pequenas Empresas mostra que na avaliação de 2011 e as perspectivas para 2012 os empresários estão mais otimistas. Dos 511 empresários entrevistados 46% têm mais de 10 anos de mercado e faturam até R$ 120 mil por ano. Oitenta e duas por cento são administradas por membros da família,
Segundo a pesquisa em 2012, mais de 78% dos empresários esperam aumentar o faturamento e, consequentemente, os lucros (77%). Em relação às vendas é esperado crescimento para 82% os entrevistados e a manutenção no número de funcionários (53%). 
A expectativa favorável dos empresários pode ser um dos reflexos dos bons resultados obtidos no ano passado. Para mais de 40% dos empresários, houve um crescimento do faturamento e do volume das vendas, em relação a 2010. Outros fatores positivos foram a previsão de lucro para 53% dos empresários e do número de clientes (44%).
Expectativas das MPEs 37% dos entrevistados dizem que esperam aumentar o  faturamento61% irão manter o número de empregados 72% esperam manter os custos financeiros 54% esperam manutenção dos custos operacionais 61% irão manter os investimentos em máquinas e equipamentos 

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.