quinta-feira, 3 de Fevereiro de 2011 00:00h

Minas aumenta participação nas exportações brasileiras

As exportações mineiras em janeiro de 2011 atingiram a cifra de US$ 2,73 bilhões, apresentando um crescimento de 84,7% em relação ao mesmo mês de 2010, embora na comparação com dezembro do ano passado tenham sofrido uma retração de 18,6%. A queda, consequência do efeito sazonal, no entanto, foi menor do que a brasileira, e não impediu que a participação de Minas Gerais nas exportações nacionais passasse de 16% em dezembro para 17,9% no último mês.

Os dados preliminares foram divulgados na manhã desta quarta-feira (02) pela Central Exportaminas, órgão da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (SEDE), que realiza mensalmente o Mapeamento das Exportações de Minas Gerais com base nos números do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Para a secretária de Desenvolvimento Econômico, Dorothea Werneck, janeiro trouxe notícias que poderão impactar positivamente as exportações mineiras em 2011. “É importante destacar a elevação das cotações internacionais de minério de ferro e de produtos alimentícios”, observou, para acrescentar, que dois fatos contribuíram para a alta dos preços. “Um é a continuidade da demanda e o outro que precisa ser considerado é o problema climático da Austrália, que junto com o Brasil, responde por grande parte do fornecimento de minério para a China”, explicou.

A secretária lembrou ainda que em janeiro o indicador de preços internacionais de commodities alimentícias da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) atingiu recorde histórico. “Os dois acontecimentos nos levam a trabalhar, confiantes, de que Minas Gerais continuará apresentando, também em 2011, um crescimento das suas exportações acima da média brasileira”, ressaltou. A meta prevista pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) é um crescimento de 13%.

Saldo - Já as importações mineiras voltaram a crescer em janeiro, apresentando um total de US$ 884,42 milhões, após apresentar três meses de queda. Valor foi superior em 46,2% em relação ao mesmo mês do ano anterior, enquanto na comparação com dezembro de 2010 apresentou alta de 13,2% no valor importado.

Por outro lado, com o total de US$ 1,44 bilhão, o saldo comercial apresentou expansão de 111,4% em relação a janeiro de 2010 e retração de 28,3% na comparação com dezembro último.

Minas Gerais aumentou também sua participação no comércio exterior nacional atingindo 12%. A corrente de comércio mineira registrou US$ 3,61 bilhões no último mês, o que significou um crescimento de 73,5% frente ao mesmo período de 2010.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.