quarta-feira, 20 de Junho de 2012 11:09h Atualizado em 20 de Junho de 2012 às 11:18h. Gazeta do Oeste

Minas está entre os estados com menor índice de homicídios

Os índices de homicídios registrados em MG são menores do que os registrados no Distrito Federal e em 22 estados. É o que revela pesquisa divulgada nesta semana pelo IBGE.

Os índices de homicídios registrados em Minas Gerais são menores do que os registrados no Distrito Federal e em 22 estados da Federação. É o que revela pesquisa divulgada nesta semana pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o levantamento, a taxa de 18,7 casos a cada 100 mil habitantes registradas no Estado em 2009 (último ano da série histórica analisada) só é maior do que os índices registrados em São Paulo, Santa Catarina e Piauí. Em outras palavras: Minas ocupa o 4º lugar no ranking dos estados com menos homicídios.

 

O estudo do IBGE – que é realizado a cada dois anos a partir de números do Ministério da Saúde – revela também que a taxa de homicídios de Minas está abaixo do índice médio nacional de 27,1 casos a cada 100 mil habitantes. O Estado está ainda à frente dos dois outros estados da região Sudeste – Espírito Santo e Rio de Janeiro.

 

No levantamento anterior feito pelo IBGE, que baseou-se em dados de 2007, Minas aparecia com taxa de 20,9 homicídios por 100 mil habitantes, ocupando o 19º lugar no ranking nacional (atrás de sete estados). Na nova pesquisa, divulgada nesta semana, o Estado melhora sua posição, subindo para a 24ª posição no ranking nacional (atrás apenas de três estados).

 

O subsecretário de Integração do Sistema de Defesa Social, Robson Lucas da Silva, ressalta a qualificação das polícias mineiras, os crescentes investimentos no Sistema de Defesa Social e o processo de integração das forças de segurança como os principais fatores que levaram Minas ao bom posicionamento no ranking de taxas de homicídios do IBGE. “Com a integração, possibilitamos que Seds, Sistema Prisional, Sistema Socioeducativo, Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros compartilhem, periodicamente, informações de inteligência e possam coordenar ações estratégicas de forma mais eficaz”, afirma.

 

Dados similares ao do Mapa da Violência

 

A pesquisa do IBGE confirma os dados do Mapa da Violência 2012, estudo comparativo sobre a violência nos Estados, publicado no início deste ano pelo Ministério da Justiça em parceria com o Instituto Sangari.

 

A Mapa da Violência aponta que em 2010 (último ano da série analisada) Minas registrou um índice de 18,1 homicídios por grupo de 100 mil habitantes. Essa taxa também coloca o Estado na 4ª melhor posição do ranking, atrás apenas de Santa Catarina, Piauí e São Paulo– uma situação semelhante à que aparece na recém-divulgada pesquisa do IBGE.

 

Dados da Secretaria de Estado de Defesa Social (SEDS) demonstram que, na comparação com 2004 – ano em que começou a ser implantado o atual modelo de segurança pública de Minas, que inclui políticas de integração das ações das polícias e de prevenção e combate à criminalidade – a taxa de crimes violentos no Estado (que inclui crimes contra a vida e contra o patrimônio) caiu 48,80%. Na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), área que historicamente concentra o maior número de ocorrências, a taxa de crimes violentos caiu 53,7%  no mesmo período.

 

De acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado em novembro de 2011 pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Minas Gerais é proporcionalmente ao orçamento, o Estado que investe mais em segurança pública no país: 13,4% do total dos recursos. De 2003 a 2010, o Governo de Minas destinou quase R$ 34 bilhões para essa área estratégica.

 

 

 

 

AGÊNCIA MINAS

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.