sexta-feira, 28 de Março de 2014 11:06h

Minas Gerais atrai mais investimentos com fábricas de tratores e painéis de madeira

Landini Tratores do Brasil vai investir cerca de R$ 30 milhões na RMBH e Duratex construirá sua maior planta na América Latina com mais de R$ 1,3 bilhão.

O governador Antonio Anastasia, participou nesta quinta-feira (27/03), no Palácio Tiradentes, em Belo Horizonte, de solenidade que oficializou novos investimentos para Minas Gerais, que irão agregar mais valor aos produtos mineiros e contribuir com a geração de mais empregos de qualidade para a população do Estado.

Com investimentos de cerca de R$ 30 milhões, a Landini Tratores do Brasil, empresa italiana do grupo Argo Tractors, vai gerar nos próximos cinco anos 120 novos empregos, entre diretos e indiretos. Já a Duratex Industrial vai investir mais de R$ 1,3 bilhão para a implantação de uma nova fábrica no Triângulo Mineiro para a produção de painéis de madeira destinados às indústrias de móveis e da construção civil.

“Fico muito feliz. Certamente esse é o último evento que participo na área empresarial, já que deixo o Governo na semana que vem, com duas notícias tão boas. O reforço da Duratex que já está em Minas com investimento tão expressivo e, ao mesmo tempo, uma nova fábrica de tratores que é sempre aquela obsessão que nós temos para a mecanização”, disse Antonio Anastasia.

O projeto da Landini Tratores do Brasil tem como objetivo a implantação, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, da primeira fábrica da multinacional fora da Itália para produção e comercialização de tratores agrícolas. A expectativa é que a planta industrial, única do segmento agrícola no Estado, entre em operação no segundo semestre deste ano. Inicialmente serão nacionalizados modelos nas faixas de 100 a 180 cv e, sucessivamente, na faixa de 60 a 100 cv.

“Tudo isso corroborando para que o nosso minério de ferro, transformado aqui em aço, tenha esse aço transformado também em um produto final, definitivo, como é o caso do trator, relevantíssimo para o desenvolvimento agrícola que nós estamos cada vez mais buscando. Por isso, agradeço a escolha de Minas Gerais para essa nova fábrica de tratores que vai se instalar pela primeira vez fora da Itália”, completou o governador de Minas.

Nos últimos anos, Minas Gerais vem se consolidando como polo da indústria de maquinários. O Grupo Fiat trabalha no projeto de implantação de uma nova unidade em Montes Claros (Norte de Minas) para produção de maquinário para a indústria da construção civil. Já a chinesa XCMG conduz processo de instalação, em Pouso Alegre (Sul de Minas), de uma unidade de maquinas para atender a indústria da construção pesada.

Atualmente, a Landini opera no Brasil por meio de distribuidores. A escolha de Minas Gerais para sediar a montadora italiana é estratégica, devido à sua proximidade com a nova fronteira agrícola em desenvolvimento no país, nos estados do Mato Grosso do Sul, Piauí, Tocantins e Bahia. O presidente da Landini, Tiago Bonomo, falou das vantagens de Minas. “Ao avaliar várias opções, Minas Gerais se apresentou como a escolha ideal para a instalação da nossa primeira unidade industrial fora da Itália devida a sua privilegiada posição geográfica para atender ao mercado de tratores agrícolas, assim como seu parque industrial que conta com vários de nossos tradicionais fornecedores na Itália, além de oferecer mão de obra qualificada, fator indispensável na nossa atividade”, afirmou Bonomo.

A Landini foi fundada em 1884, na cidade italiana de Fabbrico (região de Reggio Emiglia) e é uma das líderes mundiais no setor de tratores agrícolas. Opera em cerca de 130 países, contando com cerca 2.500 distribuidores. Possui um parque industrial com quatro fábricas na Itália; nove filiais comerciais na Europa, Américas e África do Sul.  O Grupo conta com uma participação no mercado global do setor de cerca 5%.

Duratex

“Tomamos a decisão, no ano passado, depois de muitos cálculos e avaliações, de duplicar o projeto, não só fazermos o projeto original que havíamos aqui já contratado com o governador e a empresa tomou a decisão muito importante de realmente construir aquele que, para nós, será o maior site industrial de painéis, é o maior site industrial de painéis de madeira da América Latina e o maior empreendimento até hoje na história da Duratex, um empreendimento muito importante tecnológico para nós. E a gente fica muito feliz de estar em Minas Gerais”, afirmou o presidente da Duratex, Antônio Joaquim de Oliveira.

A expectativa é que o início de operação da primeira linha da Duratex Industrial seja já no fim de 2016 e, da segunda linha, em 2021, com a geração de cerca de 950 empregos entre diretos e indiretos ao final do projeto.

O projeto consiste em uma fábrica totalmente nova em meio à base florestal existente localizada nos municípios mineiros de Estrela do Sul, Indianópolis, Araguari, Nova Ponte e Romaria, que atualmente fornece madeira para as plantas industriais em Uberaba para serem utilizados nas indústrias de móveis e da construção civil. “Uma expansão extremamente vultosa, valores expressivos, muitos empregos e certamente vai significar não só para o Triângulo Mineiro, mas para todo o Estado um investimento de valor agregado muito grande”, afirmou o governador Anastasia.

A Duratex S.A. é uma empresa brasileira, privada e de capital aberto, com controle compartilhado entre os conglomerados Itaúsa - Investimentos Itaú S.A e Companhia Ligna de Investimentos. Maior produtora de painéis de madeira industrializada e pisos, louças e metais sanitários do Hemisfério Sul, é líder no mercado brasileiro com as marcas Durafloor, Duratex, Deca e Hydra. Também está entre as dez maiores empresa globais dos setores em que atua.

Com sede em São Paulo, conta com cerca de 12 mil trabalhadores e 15 unidades industriais estrategicamente localizadas em Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo, além de três fábricas de painéis na Colômbia, por meio de sua participação de 80% na Tablemac.

Possui 260 mil hectares com florestas plantadas e áreas de conservação nos estados de Minas Gerais, Rio Grande do Sul e São Paulo.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.