terça-feira, 4 de Junho de 2013 09:37h Agência Minas

Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Paraná e Rondônia se unem no combate à criminalidade

Os estados de Minas Gerais, Goiás, Paraná, Mato Grosso e Rondônia assinaram, na noite dessa segunda-feira (3), termo de cooperação técnica no âmbito dos sistemas de defesa social e de segurança dos estados, para a realização de ações conjuntas visando o combate à criminalidade.  Por Minas Gerais, o documento foi assinado pelo vice-governador Alberto Pinto Coelho, durante a solenidade de abertura da reunião conjunta do Conselho Nacional de Secretários de Segurança Pública (Consesp) e do Conselho Nacional dos Chefes da Polícia Civil (CONCPC), realizada em Belo Horizonte.

De acordo com o termo de cooperação, as informações, sobretudo o fomento de ações e operações policiais voltadas a prevenção e a repressão ao tráfico de drogas ilícitas e de armas de fogo, passam a ser compartilhadas entre os estados. O documento também prevê o planejamento estratégico de atuações policiais conjuntas voltadas para a prevenção e combate aos atos de violência e de criminalidade, além do intercâmbio de profissionais dos respectivos estados para troca de informações e boas práticas.

Alberto Pinto Coelho salientou que, ao longo dos últimos governos, Minas Gerais tem canalizado recursos para o desenvolvimento das atividades inerentes ao fortalecimento das corporações de polícias civil e militar. “A assinatura deste termo de compromisso é importante e não se limita a divisão territorial dos entes federados. Nada melhor como a oportunidade de ter esse intercâmbio com temas tão relevantes para gerar, com certeza, novos caminhos e alternativas”, afirmou.

O secretário de Estado de Defesa Social de Minas Gerais, Rômulo de Carvalho Ferraz, destacou o início das operações nas divisas.  “Iniciamos hoje uma operação nas divisas dos estados de Minas Gerais, Goiás e São Paulo para combater as práticas criminosas graves”, afirmou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.