quinta-feira, 5 de Maio de 2016 13:03h Agência Minas

Minas Gerais registra aumento nas exportações nas comparações mensal e anual

Saldo comercial mineiro apresentou elevação de 46,3% na comparação entre o último mês e abril de 2015; destaque foram as vendas de veículos

Pela primeira vez neste ano, a balança comercial de Minas Gerais registrou resultado positivo nas passagens mensal e anual. Em abril, as exportações mineiras totalizaram US$ 1,73 bilhão, representando um aumento de 1,3% em relação ao mês anterior e de 7,8% quando comparadas ao mesmo mês de 2015. O resultado foi divulgado nesta terça-feira, 3 de maio, pela Exportaminas, unidade de comércio exterior da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), em parceria com a Fundação João Pinheiro (FJP).

Os produtos que mais colaboraram com as exportações mineiras no último mês foram minério de ferro, café, soja, ferro-ligas e ferro fundido, além de pedras preciosas. O saldo da balança comercial de Minas Gerais atingiu o montante de US$ 1,2 bilhão em abril de 2016, uma vez que as importações totais foram de US$ 527,12 milhões. As compras do exterior tiveram redução de 7,4% em relação ao mês anterior e queda de 32,6% na comparação com abril de 2015.

 

 

 

No mês de abril, Minas Gerais foi responsável por 11,2% das exportações e 5% das importações totais do país. A China se mantém como o principal destino das exportações mineiras, com 32,1% do total exportado pelo estado. Em seguida, estão Estados Unidos, com participação de 6,7%, Argentina, também com 6,7%, Japão, com 5,2%, e Holanda, com 4,5% do total exportado. Em abril, a Argentina foi o principal fornecedor de Minas Gerais com 17% da pauta importadora, seguido por China, com 12,5%, Estados Unidos, com 11,4%, Reino Unido, com 9,1%, e Itália, com 5,9%.

 

 



Alta no setor automotivo

O volume total de veículos exportados por Minas Gerais no primeiro trimestre de 2016 (janeiro a março), registrou aumento de 42,8% se comparado com o mesmo período do ano passado. Ao todo, foram comercializados US$ 255,4 milhões, contra US$ 178,9 milhões em 2015, conforme dados da Fundação João Pinheiro (FJP).

As exportações de automóveis, caminhões e tratores tiveram como destino 53 países. A Argentina foi o principal comprador de Minas Gerais no setor, com participação de 79,5% do total das exportações (US$ 203,1 milhões nos primeiros três meses de 2016, contra US$ 121,6 milhões no mesmo período de 2015, aumento no volume comercializado de 67%).

 

 

 

O México foi o segundo maior destino das exportações mineiras de veículos, responsável por 6% do total (US$ 15,3 milhões). Em seguida vem o Chile, com 4,9% do total das vendas internacionais do setor. O valor total de compras chilenas teve crescimento de 103,1%, somando US$ 12,6 milhões, frente aos US$ 6,2 milhões do mesmo período em 2015.

O destaque quanto ao aumento em porcentagem foi o Uruguai, que apresentou elevação de 190,6% no total importado de Minas Gerais (US$ 9 milhões no primeiro trimestre de 2016 contra US$ 3,1 milhões no mesmo período de 2015), posicionando-o como quarto principal destino de veículos mineiros. A Polônia, quinto principal destino das exportações do estado no setor, apresentou crescimento de 60,2%, seguida dos Estados Unidos e do Peru, que apresentaram aumento das receitas de 44,8% e 44,4%, respectivamente.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.