quarta-feira, 18 de Março de 2015 13:01h

Minas Gerais se destaca no ranking de geração de empregos no país em fevereiro, segundo o Ministério do Trabalho

Dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados hoje em Brasília

O Estado de Minas Gerais teve resultado positivo na geração de empregos no mês de fevereiro, segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego nesta quarta-feira (18). Em janeiro o estado tivera saldo negativo na geração de empregos celetistas (com a perda de 14.533 postos ou -0,34%, o segundo pior desempenho na federação) e reverteu em fevereiro o seu sinal: segundo os dados do ministério, o estado apresentou no mês passado a um saldo positivo de 3.167 postos de trabalho com carteira assinada (+0,07%) – com 181.971 admissões e 178.804 desligamentos no segundo mês do ano ante janeiro.
Segundo o levantamento do trabalho formal divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, o mês de fevereiro registrou estabilidade no saldo de empregos no Brasil – com uma variação negativa de 0,01% em relação a janeiro. O mês registrou uma redução de 2.415 empregos, saldo que resulta de 1.646.703 admissões e de 1.649.118 desligamentos.
No país, o setor de serviços teve bom desempenho, segundo o ministério (com saldo de 52.261 postos), e ensino (38.173 empregos gerados, acima da média histórica do mês) e comércio e administração de imóveis (4.628 postos) se destacaram. Material de Transporte (-4.580 postos, ou -0,79%), metalúrgica (-1.243 postos ou -0,17%) e mecânica (-1.158 postos ou - 0,18%) tiveram desempenho negativo no Brasil.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.