segunda-feira, 15 de Fevereiro de 2016 12:33h Atualizado em 15 de Fevereiro de 2016 às 12:35h. Agência Minas

Minas mantém superávit em janeiro e responde por 11% de todas as exportações nacionais

Café, ferro e pedras preciosas são os destaques da pauta exportadora do mês

No primeiro mês do ano, Minas Gerais manteve o superávit no comércio exterior, com saldo comercial de US$ 625,19 milhões. Em janeiro de 2016, o estado foi responsável por 11,5% das exportações e 6,4% das importações do Brasil.

As vendas externas mineras totalizaram US$ 1,29 bilhão. Os produtos mais comercializados pelo estado foram minério de ferro (21,2%) exportado para a China, café
(20,2%) direcionado à Alemanha e ferro-ligas, ferro fundido e demais produtos derivados (16,8%), exportados para a Holanda. O ouro e as pedras preciosas de Minas Gerais (10,4%) tiveram como principal destino os Estados Unidos.

No mesmo período, as importações do estado ficaram em US$ 664,28 milhões. Máquinas e instrumentos mecânicos (35%), combustíveis e óleos minerais (9,3%), máquinas e aparelhos elétricos (8,4%), adubos e fertilizantes (8%), automóveis, suas partes e demais acessórios (4,9%) foram os produtos mais importados. Os países que mais venderam produtos para Minas Gerais foram Luxemburgo, Austrália, China, Catar e  Itália, respectivamente.

A China se mantém como o principal destino das exportações mineiras, tendo representado 14,4% do total. Em seguida, Estados Unidos com participação de 11,8%; Holanda, com 8,3%; Japão com 6,6% e Alemanha com 5,7% do total exportado pelo estado.

Também em janeiro, a China foi o principal fornecedor de Minas Gerais com 16,5% da pauta, seguido de Luxemburgo com 13,3%; Estados Unidos, com 10,2%; Itália, com 8,9%, e Argentina com 5,1% do total importado pelo estado.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.