terça-feira, 16 de Junho de 2015 10:05h

Mobilização ajuda a conter aumento da dengue em Mateus Leme

Zoonoses promove palestra em escolas e indústrias de Mateus Leme e leva informações que podem ser aliadas na luta contra o mosquito transmissor da doença

Subiu de 195 para 205 o número de casos confirmados de dengue no município de Mateus Leme em uma semana. Os dados são resultado da análise da 23ª semana epidemiológica, que mensurou os registros de novas ocorrências da doença e suspeitas descartadas de pacientes atendidos nas unidades de saúde entre os dias 06 e 13 de junho.

Conforme o balanço divulgado nesta terça-feira, dia 16, pela Secretaria de Saúde de Mateus Leme, o município já notificou 920 pessoas com suspeitas de terem contraído dengue nos primeiros cinco meses do ano. Desse total, 157 casos foram descartados, 560 estão ainda estão sendo investigados e dois diagnósticos foram classificados como a forma mais grave da doença.

Para conter o avanço do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, e conscientizar a população sobre as formas de eliminar possíveis criadouros do inseto, o Departamento de Zoonoses está intensificando as ações educativas. Nos últimos dias foram realizadas palestras em empresas e mobilização junto à comunidade escolar.

De acordo com a mobilizadora social, Simone Batista Corrêa, as escolas são importantes aliadas na luta contra a dengue. “Os alunos apreendem como combater o mosquito da dengue em sala de aula e se transformam em agentes que atuam em suas casas, junto a seus vizinhos e cobram ações efetivas dos adultos”, afirmou Simone. “Além disso, estamos conscientizando esses futuros cidadãos que vão crescem conscientes do perigo da dengue e a maneira mais eficaz de combatê-la”, analisou a agente de endemias.

Em junho, a mobilização também chegou à indústria. Funcionários de três empresas instaladas em Mateus Leme receberam orientações e dicas sobre como conter a ameaça da dengue. Eles levaram para casa informações que serão úteis na luta contra o mosquito.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.