terça-feira, 10 de Fevereiro de 2015 13:28h Atualizado em 10 de Fevereiro de 2015 às 13:29h.

Mobilização Social da Secretaria de Saúde usa artesanato na prevenção contra dengue

Oficina orienta população a trabalhar com materiais que iriam para o lixo, mas podem ser reutilizados dentro de casa

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG) tem desenvolvido oficinas de artesanato com a reutilização de materiais que podem ser reutilizados, produzidos no processo culinário, de forma criativa e responsável. Latas, caixas, vidros dentre outros utensílios, diariamente são descartados durante o preparo de alimentos, em casas e empresas, por donas de casa e chefes de cozinha.

Em parceria com o Núcleo Municipal de Mobilização Social de Pedro Leopoldo, foi realizada mais uma edição da Oficina de Artesanato, que contou com a participação de servidores da Secretaria Municipal de Saúde e da população na Praça Central da cidade.

A artesã e mobilizadora social Vanessa Viana, responsável pelo projeto, orientou os participantes, de forma didática, como reutilizar caixas de leite e transformá-las em porta-moedas de forma rápida e prática. “Em nossas oficinas, além de ensinar a transformar lixo em artesanato, temos a responsabilidade de conscientizar o cidadão sobre a prevenção contra a dengue e, consequentemente, a minimizar impactos ambientais”, destacou Vanessa.

O projeto faz parte de um conjunto de estratégias do Núcleo de Mobilização Social da SES/MG que desenvolve ações com o intuito de envolver o cidadão como corresponsável pela promoção e cuidado com a saúde individual e coletiva.

“Foi uma forma inovadora e criativa de, primeiramente reciclar um material antes inútil, e de evitar ou reduzir o lixo domiciliar e prevenir contra a dengue, além de nos dar uma renda alternativa”, conclui Sheila Joana Vieira, participante da oficina.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.