quarta-feira, 28 de Outubro de 2015 11:22h

Motogrupo Águias de Aço é homenageado na ALMG

Solenidade, que celebrou 35 anos de fundação do grupo e contou com presença do Capitão Senra, aconteceu no Salão Nobre

A Comissão de Esporte, Lazer e Juventude da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realizou, nesta terça-feira (27/10/15), no Salão Nobre, uma reunião para entrega de diploma de manifestação de aplauso ao Motogrupo Águias de Aço pelos seus 35 anos de fundação. A homenagem aconteceu a requerimento do deputado Agostinho Patrus Filho (PV) e contou com a presença do presidente da ALMG, deputado Adalclever Lopes (PMDB), de outros parlamentares e de um dos fundadores do grupo, José Senra Moreira, mais conhecido como Capitão Senra.

Segundo Agostinho Patrus Filho, o grupo, formado por homens e mulheres, tem uma longa e bela trajetória de disseminação do motociclismo responsável em Minas e no Brasil. "É o primeiro grupo de adeptos da Harley-Davidson no País. Capitão Senra, seu líder, escoltou importantes personalidades como o ex-presidente Juscelino Kubitschek e a Rainha Elizabeth", disse. O parlamentar destacou, ainda, que o Águias de Aço atraiu a Harley-Davidson para o Brasil na década de 1990, e trouxe ganhos culturais e econômicos para o Estado. "Capitão Senra gerou, ainda, a criação de uma cerveja homônima, premiada internacionalmente e disseminou a gastronomia mineira em todo o planeta", completou.

O presidente da ALMG, deputado Adalclever Lopes (PMDB), lembrou que o pai, ao lado do Capitão Senra, fazia escolta de autoridades, e sua primeira experiência como praticante de motociclismo foi com o fundador do grupo. Para ele, o Águias de Aço é um exemplo de fraternidade, solidariedade e amizade.

O presidente da comissão, deputado Anselmo José Domingos (PTC), e o deputado Vanderlei Miranda (PMDB) destacaram a comemoração pelos 35 anos do grupo e sua atuação junto à sociedade. Para eles, é importante ressaltar os valores do motociclismo responsável e da promoção de cultura para o Estado.

Capitão Senra diz que grupo é realização de sonho

Em sua fala, o presidente de Honra do Motogrupo Águias de Aço, José Senra Moreira (Capitão Senra), agradeceu aos deputados pela homenagem inédita, que entra para a história do grupo. "Vivo, hoje, a realização de um sonho de promover um motociclismo sadio, que sempre uniu e envolveu homens e seus familiares. Com o lema 'Curtir e não competir, somar e não dividir' divulgamos Minas Gerais no Brasil e no mundo", disse.

Na mesma linha, a presidente do Motogrupo Águias de Aço, Jacqueline Karla Moreira Lipovetsky, se disse honrada com a homenagem e destacou que, criado em 1980, o grupo motivou a vinda da marca Harley-Davidson para o Brasil. "Escoltamos celebridades e grupos musicais e fomos pioneiros nos grandes encontros de motos que estimulam, hoje, o 'mototurismo' em Minas Gerais", ressaltou.

O representante da BH Harley-Davidson, Bruno de Assis Abreu, fez coro às palavras da presidente do grupo e falou sobre a importância do Águias de Aço na vinda da marca para o País. De acordo com ele, hoje, são 17 concessionárias no Brasil, que já é o quarto mercado da marca no mundo. "O grupo representa essa grandeza e o nome de Capitão Senra é referência para a empresa internacionalmente", afirmou.

Persistência – O presidente da Convention & Visitors Bureau de Belo Horizonte, Anderson Souza Rocha, lembrou que a longevidade do grupo é reflexo da persistência de Capitão Senra. Segundo ele, mesmo em tempos sem internet e redes sociais, ele conseguiu mobilizar e manter os Águias de Aço durante três décadas e meia. Destacou ainda a importância econômica do grupo, que estimula o chamado "mototurismo" e gera emprego e renda no Estado, ao receber encontros de praticantes em diversas cidades.

Ao final, o diretor da BH Harley Owner Group (HOG), Luciano Sérgio Alves da Silva, entregou placa comemorativa à data aos fundadores do grupo, e o deputado Agostinho Patrus Filho fez ainda a entrega dos diplomas referentes à manifestação de aplauso pelos 35 anos de fundação do Águias de Aço.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.