sábado, 17 de Novembro de 2012 05:31h Gazeta do Oeste

Motorista que morreu durante temporal em BH estava em busca de amigos

Um homem alegre, pai de dois filhos, de 22 e 25 anos, que curtia o feriado da Proclamação da República no clube, com amigos de trabalho. O motorista de ônibus Gilmar Almeida de Santana, de 48 anos, havia saído em busca de alguns momentos de lazer na manhã da quinta-feira. Primeira vítima do período chuvoso 2012/2013 em Belo Horizonte, ele morreu afogado ao ser surpreendido pela tempestade. É o décimo primeiro óbito da atual estação. Oficialmente, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil contabiliza 10 vítimas, já que ainda aguarda a confirmação do que causou a morte de um lavrador de 23 anos durante uma tempestade em Elói Mendes, no Sul de Minas, no dia 14. Mas o número de vítimas ainda pode subir, já que os bombeiros procuram por um homem que desapareceu também durante o temporal de quinta, em circunstâncias semelhantes, em Betim, Grande BH.

No incidente fatal registrado na capital, Gilmar havia acabado de sair do clube, no fim de tarde, dando carona a um amigo, por uma das mais movimentadas avenidas da Região da Pampulha, a Heráclito Mourão de Miranda, que liga os bairros Castelo, Alípio de Melo e Caiçara à orla da lagoa. Seu carro, um Peugeot 206, foi arrastado pela enxurrada e acabou dentro do Córrego Ressaca, que corre no centro da avenida. O amigo, identificado apenas como João Batista, conseguiu escapar e foi internado com escoriações no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. Gilmar morreu afogado.

Segundo a irmã do motorista, a gerente de padaria Rubenite Almeida Freitas, de 40, Gilmar não conseguiu se soltar do cinto de segurança. “É uma vergonha um córrego desses, que vive transbordando, correr sem nenhuma mureta de proteção no nível da avenida. Aquilo é uma armadilha para qualquer motorista.”

BUSCAS Em Betim, um homem de 33 anos está desaparecido depois que o carro que ele dirigia, a Ranger preta placa CPL 6125, caiu no Riacho das Areias, na noite de quinta-feira. Militares do 2º Batalhão dos Bombeiros iniciaram as buscas por Anderson de Souza Lopes na manhã de ontem, no entorno da bacia de contenção do rio, no Bairro Jardim das Alterosas. O carro que era dirigido por ele foi encontrado em um banco de areia. Com a tempestade, o nível das águas subiu mais de dois metros. Assim como ocorreu em BH, outro ocupante do carro, Osmiro Carvalho de Freitas, conseguiu escapar com vida. Na Grande BH, foram registrados problemas com o temporal também em cidades como Ibirité e Nova Lima.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.