quarta-feira, 5 de Agosto de 2015 10:42h

Movimento sensibiliza a sociedade sobre a importância dos pequenos negócios

Iniciativa liderada pelo Sebrae estimula a população a concentrar o consumo no dia 5 de Outubro em micro e pequenas empresas

O Sebrae lança hoje, em nível nacional, o Movimento Compre do Pequeno Negócio. O objetivo é sensibilizar a sociedade sobre a importância das micro e pequenas empresas para o desenvolvimento do país, já que elas representam mais de 99% das empresas brasileiras e respondem por 17 milhões dos empregos gerados, o que corresponde a 52% dos postos de trabalho formais.

O Movimento Compre do Pequeno Negócio escolheu o dia 5 de outubro como marco do movimento, por se tratar do dia em que foi instituído o Estatuto da Micro e Pequena Empresa. “É a primeira vez que fazemos um movimento para a sociedade, para que as pessoas percebam que, ao comprar do pequeno, elas estão melhorando a sua cidade, gerando empregos e ajudando a economia”, destaca o presidente do Sebrae, Luiz Barretto.

Além das ações de mobilização social, o Sebrae vai oferecer, especialmente entre os dias 21 de setembro e 2 de outubro,  uma programação diversificada de cursos, consultorias e orientações gerenciais para incentivar o empresário a se capacitar e a buscar oportunidades. A programação pode ser conferida no site www.sebrae.com.br/minasgerais.

“Nossa meta é mobilizar os empreendedores para que surpreendam seus clientes e sejam cada vez mais eficientes no seu atendimento”, enfatiza Afonso Maria Rocha, Diretor Superintendente do Sebrae Minas.

Pequenos em rede

O desenvolvimento local é um dos principais apelos do movimento, já que os pequenos negócios têm importante participação na geração de trabalho e renda.  O hotsite do Movimento (www.compredopequeno.com.br) enumera algumas razões para comprar dessas empresas, entre elas a comodidade e o atendimento mais personalizado, pelo fato de estarem próximas dos consumidores; o incentivo à economia e ao desenvolvimento das comunidades, entre outras.

Esse hotsite também tem a proposta de interligar os pequenos negócios com os consumidores. Os empreendedores poderão cadastrar suas empresas nesse ambiente, para que o cliente encontre os produtos e serviços que precisa perto de sua casa ou trabalho.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.