terça-feira, 11 de Setembro de 2012 09:43h Gazeta do Oeste

Mulheres são maioria entre eleitores de Minas Gerais

Mais de 15 milhões de eleitores vão votar nas eleições deste ano em Minas Gerais. Eles vão eleger, no próximo dia 7 de outubro, 853 prefeitos e vice-prefeitos e 8.440 vereadores. De acordo com números do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), o número de vagas para as câmaras municipais mineiras subiu 7,2% em relação à última eleição, ocorrida em 2008, o que corresponde a 569 novas vagas. Naquele ano, o número total de cadeiras para vereadores em Minas alcançava 7.871.

 

Até o dia 3 de agosto, o TRE contabilizou 2.277 pedidos de registro de candidatura para prefeito e 2.293 para vice-prefeito, além de 69.134 pedidos de registro de candidatos a vereadores.

 

As mulheres são maioria entre os 15.019.136 eleitores mineiros. Elas representam 51,39% do total, o que equivale a 7.718.443 eleitoras, enquanto os homens somam 7.284.971, ou 48,5% do total. Em 2008, o número de eleitores em Minas Gerais atingia 14.072.285, também com liderança feminina, que chegava a 51,17% do total (7.200.902). Os homens mantiveram em 2012 a mesma participação de 2008 (48,52%), embora na última eleição fossem menor quantidade (6.828.274 eleitores).

 

Os eleitores maiores de 70 anos, na eleição deste ano (1.194.569 pessoas), equivalem a 7,95% do total, os da faixa entre 18 a 20 anos representam 6,03% (906.070).

 

Os que iniciam a participação na votação, na faixa de 16 a 17 anos, correspondem a 1,91% do total de eleitores, englobando 287.893 pessoas. Para os jovens nessa faixa etária, o voto é facultativo. Segundo o TER-MG, o número de eleitores jovens mostra uma retomada da participação desse segmento da população no processo eleitoral. A maior participação de jovens foi registrada em 1989 (420.060 jovens, ou 4,45% do total de eleitores mineiros). Na última eleição municipal, em 2008, os eles somaram 316.880 eleitores, com participação de 2,25% do total. Esse número caiu em 2010 para 247.339, representando 1,70% do eleitorado total, mas agora voltou a subir.

 

De acordo com o TSE, o maior gasto na campanha eleitoral para a prefeitura de Belo Horizonte, da ordem de 35 milhões, foi apresentado pela coligação BH Segue em Frente, cujos candidatos a prefeito e vice-prefeito são, respectivamente, Marcio Lacerda (PSB) e Délio Malheiros (PV). Segue-se em termos de gastos com a campanha a coligação Frente BH Popular, com R$ 20 milhões, cujos candidatos são Patrus Ananias (PT), para prefeito, e Aloísio Vasconcelos (PMDB), para vice.

 

Os menores gastos, em contrapartida, da ordem de R$ 50 mil, foram apresentados pelas candidatas Vanessa Portugal (prefeita ) e Lílian Furtado (vice-prefeito), do PSTU; e pela coligação “Frente de Esquerda BH Socialista, Por Uma BH Além do Possível”, que apoia os candidatos Maria da Consolação Rocha (PSOL), para prefeito, e Antonio de Almeida Lima (PCB), para vice.

 

Por outro lado, a previsão de gastos máximos dos partidos ou coligações para os candidatos a vereadores na capital mineira é encabeçada pelo PCdoB e pelo PDT, com R$ 1,5 milhão cada, vindo em seguida o PMN e o PSDC, com R$ 1 milhão. Os menores gastos são apresentados pelo PCO e PSTU, no valor de R$ 50 mil cada.

 

A votação será realizada no período das 8 horas às 17 horas. O eleitor deve comparecer à seção eleitoral portando título de eleitor ou outro documento com foto. Os eleitores que estiverem fora de suas cidades, poderão fazer a justificativa em qualquer seção eleitoral, onde apresentarão o formulário preenchido, além do título de eleitor e um documento de identidade. O TRE-MG lembra que não existe mais justificativa pelos Correios.

 

O eleitor tem ainda, após a eleição, prazo até 60 dias para justificar sua ausência no dia da eleição. Para isso, deverá comparecer ao cartório eleitoral onde está inscrito e solicitar sua regularização. Esse procedimento não o isenta, entretanto do pagamento de multa, que será arbitrada pelo juiz eleitoral para cada eleição em que o eleitor deixou de votar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AGENCIA BRASIL

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.