terça-feira, 20 de Setembro de 2011 11:31h Agência Minas

Municípios mineiros se unem para garantir direitos LGBT

Os municípios mineiros se uniram para promover os direitos da população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT). Desde julho, cidades de várias regiões do Estado estão realizando conferências regionais ou municipais para discutir demandas e propostas que serão apresentadas na II Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos para o segmento LGBT. O encontro, promovido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), por meio da Coordenadoria Especial de Políticas de Diversidade Social (Cods), será realizado nos dias 15 e 16 de outubro, em Belo Horizonte.

 

 

Betim, Santa Lucia Juiz de Fora, Almenara, Uberlândia, Belo Horizonte, Muriaé, Contagem e Sabará já promoveram suas conferências e estão prontos para somar forças ao evento estadual. O tema central dos debates, “Por Um Estado Livre da Pobreza e da Discriminação: Promovendo a Cidadania LGBT”,  é preparatório para a II Conferência.

 

Além de conferir as principais necessidades para a garantia dos direitos LGBT, os encontros no interior de Minas elegeram os delegados para participar do evento estadual. Governador Valadares será o próximo município a realizar a conferência regional, que vai envolver 15 cidades no dia 8 de outubro.

 

 

“Essas mobilizações mostram o grande empenho dos municípios em prol da causa. Estamos à disposição para apoiar as cidades, porque é importante que todos se unam para que possamos aproveitar e levar discussões concretas para Brasília”, destacou a coordenadora Especial de Políticas de Diversidade Sexual, Walkiria La Roche.

 

Os principais objetivos da II Conferência são avaliar e propor as diretrizes para a implementação de políticas públicas para o combate à discriminação e à promoção dos direitos humanos e cidadania do segmento em âmbitos estadual e nacional.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.