sexta-feira, 19 de Junho de 2015 14:16h

Municípios têm até o dia 15 de agosto para realizar as Conferências Municipais da Juventude

Os encontros municipais são pré-requisito pois elegem os delegados que vão participar da Conferência Estadual

Os municípios mineiros têm até o dia 15 de agosto deste ano para realizar a Conferência Municipal da Juventude, cujo tema central é “Construindo a Minas das Juventudes Gerais”. A iniciativa é pré-requisito para garantir a presença no encontro estadual, que será realizado este ano, em Belo Horizonte. As conferências municipais elegem os delegados que vão participar da Conferência Estadual.
As Conferências Municipais de Juventude são um mecanismo de participação popular em debates e avaliações que interferem diretamente no rumo das políticas públicas para este segmento, reconhecendo a sociedade civil como principal ator nesse processo. Os assuntos discutidos e deliberados nas etapas municipais são levados para a etapa estadual e, posteriormente, para a conferência nacional, marcada para o fim do ano.
A Conferência Estadual é promovida pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania (Sedpac) e terá como principais objetivos a proposição de uma agenda de juventude, para potencializar as múltiplas formas de participação juvenil, o combate a todas as formas de preconceito e a efetivação das políticas públicas de Juventude.
De acordo com o secretário de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania, Nilmário Miranda, a conferência estadual vai reunir jovens de diferentes realidades, para que a juventude realmente seja representada em toda a sua diversidade, especialmente, aqueles que historicamente foram excluídos do processo de participação.
"Nós queremos ter delegados do terreiro, das unidades de internação, para que os adolescentes infratores falem por si mesmo o que acham de propostas como a redução da maioridade penal, o estatuto da família e a tercerização. Queremos ouvir os jovens adultos das prisões, dos quilombos, dos assentamentos da reforma agrária e da agricultura familiar. Que seja cada um de um lugar, mas que traga essa realidade para a conferência", disse Nilmário.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.