quinta-feira, 3 de Outubro de 2013 13:10h Atualizado em 3 de Outubro de 2013 às 13:36h.

Nepomuceno pede transformação do Cefet-MG em universidade

Reivindicação foi feita durante audiência pública na cidade do Sul de Minas na manhã desta quinta-feira (3).

“Queremos universidade, queremos universidade”. Com essas palavras de ordem e com cartazes nas mãos, dezenas de estudantes do Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet-MG) chegaram à audiência pública que a Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia realizou em Nepomuceno (Sul de Minas), na manhã desta quinta-feira (3/10/13). Foi a quinta audiência pública promovida pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) solicitando a transformação do Cefet-MG em universidade tecnológica. A reivindicação dos estudantes recebeu o apoio de autoridades locais, políticos e dirigentes da instituição.

Saiba mais
Cefet de Timóteo também quer ser universidade tecnológica
Mobilização é fórmula para elevação do Cefet a universidade
Para diretor do Cefet, instituição já atua como universidade
Transformação do Cefet em universidade recebe apoio em Araxá
Para a diretora do campus Nepomuceno do Cefet-MG, Juliana Vilela Lourençoni Botega, a transformação em universidade tecnológica será uma grande conquista para o município e região, que vai permitir a formação técnica e superior dos jovens da cidade. “A universidade tecnológica será muito bem vinda”, afirmou. Em sua opinião, o Cefet-MG já é uma universidade de fato, pois existe a estrutura necessária.

Ponto de vista que também foi reforçado pelo vice-diretor do Cefet-MG, Irlen Antônio Gonçalves. Segundo ele, essa mudança não é somente vontade de uma instituição e de um governo, mas de muitas pessoas que passaram pela instituição ao longo dos seus 104 anos, trabalhando para que se transformasse em universidade. Os alunos do Cefet-MG em Nepomuceno, Thamara Veiga Bella e Isaías Gonçalves Ribeiro, representando aqueles que acompanharam a reunião, também fizeram coro pela transformação em universidade.

Em sua fala, o diretor-geral do Cefet-MG, Márcio Silva Basílio, fez um levantamento dos 104 anos de história da instituição. Destacou que a luta pela criação da universidade tecnológica não é apenas da instituição, mas do Estado de Minas Gerais, por meio do apoio da ALMG. Ele disse que esse é um momento importante, pois a ideia está recebendo o apoio da comunidade e dos políticos nos locais onde existem unidades do Cefet-MG. “É a partir dessa base que o apoio à causa é construído”, afirmou. Ele lembrou que o objetivo da luta é oferecer uma universidade pública, federal, gratuita e de competência.

No entanto, Márcio Silva Basílio disse que o Cefet-MG não irá terminar com os cursos técnicos, que, segundo ele, são parte fundamental desse projeto. “Com manifestações como a de hoje, vemos que estamos no caminho certo”, afirmou.

Deputados e políticos locais defendem mudança

Parlamentares acreditam que a universidade tecnológica é o melhor caminho para a cidade e região Parlamentares acreditam que a universidade tecnológica é o melhor caminho para a cidade e região - Foto: Guilherme Dardanhan
O autor do requerimento para o debate, deputado Bosco (PTdoB), destacou que o movimento tem o objetivo de apoiar a ideia de transformação o Cefet-MG em universidade, “uma causa que não é somente nossa, mas de Minas Gerais”. Ele ponderou que essa mudança não será um caminho fácil, mas o movimento está empenhado em convencer o MEC e a presidente Dilma Rousseff.

Ele agradeceu ainda a recepção calorosa dos alunos e disse que o Cefet-MG é uma instituição de excelência, tanto pelos seus professores e pela qualidade dos cursos, como também por seus alunos que foram bem sucedidos no mercado de trabalho. Neste sentido, lembrou que a criação da universidade tecnológica vai ajudar a manter os jovens de Nepomuceno em sua cidade natal.

Essa opinião foi compartilhada pelo deputado Pompílio Canavez (PT). “Queremos que os filhos de Nepomuceno possam continuar estudando em sua cidade”. O parlamentar disse estar convencido de que a universidade tecnológica é o melhor caminho para a cidade e região. “Nós vamos conseguir transformar o Cefet-MG em universidade tecnológica”, conclamou a todos.

O deputado Bosco ainda leu carta do presidente da Comissão de Educação, deputado Duarte Bechir (PSD), que apoia a transformação, mas não pode comparecer em virtude de audiência na mesma data, na ALMG.

Outras frentes de apoio foram das autoridades locais. O prefeito de Nepomuceno, Marcos Memento, destacou que a cidade também está nesta luta, já que quer uma universidade federal. O presidente da Câmara Municipal de Nepomuceno, vereador Francisco Ricardo Gattini, também apoiou a luta pela transformação do Cefet-MG em universidade tecnologia e se prontificou a ajudar.

Já o vice-prefeito de Neopomuceno, José Maria de Oliveira, acredita que esse sonho será realizado, principalmente devido ao apoio da ALMG e dos políticos locais.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.