sexta-feira, 3 de Julho de 2015 13:41h

Nomeados em concurso da Educação podem consultar datas e horários dos exames admissionais

Exames periciais para os 1.504 convocados na quarta lista da Secretaria de Estado de Educação (SEE) começam na próxima semana

Os 1.504 professores da educação básica e profissionais da área técnico-administrativa nomeados, em 27 de junho, pelo concurso da Secretaria de Estado de Educação (SEE), já podem consultar as datas e horários para a realização dos exames admissionais. As listas com o cronograma estão disponíveis no site da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag). Para a realização dos exames, os nomeados deverão comparecer às unidades periciais.
As perícias serão realizadas em unidade central ou unidades regionais da Superintendência. É de responsabilidade do candidato acompanhar o cronograma de realização dos exames. No dia da perícia, o nomeado deverá apresentar uma série de documentos, além dos resultados de exames laboratoriais exigidos em edital.
Confira os documentos:
Convocação para exames admissionais - Professor da Educação Básica
www.planejamento.mg.gov.br/images/documentos/Concursos_publicos/See_01_2011/SEE_PEB_27062015.pdf
Convocação para exames Admissionais - Outros Cargos
www.planejamento.mg.gov.br/images/documentos/Concursos_publicos/See_01_2011/SEE_ADM.pdf
Endereço das unidades periciais
www.planejamento.mg.gov.br/images/documentos/Concursos_publicos/See_01_2011/Endere%C3%A7os_das_Unidades_Periciais_II.pdf

Quarta lista de nomeações
No dia 27 de junho, o Governo de Minas Gerais publicou a quarta lista de nomeações dos aprovados no concurso da Secretaria de Estado de Educação. Dos 1.504 nomeados, 895 são para atuar como professor da educação básica e 609, para cargos da área técnico-administrativa. Desde o início da gestão foram nomeados 6.004 profissionais da educação.
As nomeações mostram que o Governo está cumprindo o compromisso, assumido em maio, por meio de acordo com os trabalhadores da Educação, de nomear 1.500 profissionais por mês.
Com esta postura, o Estado busca inverter a realidade do quadro de servidores da Secretaria de Estado de Educação e garantir que, até 2018, ao menos 60% dos servidores do quadro sejam efetivos. A meta é nomear 60 mil novos servidores para a Educação Básica até o final da gestão.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.