quinta-feira, 16 de Janeiro de 2014 06:37h

Noroeste de Minas lidera produção de grãos em MG

Unaí ocupa a primeira posição entre os municípios do Estado

BELO HORIZONTE (15/01/2014) - A região do Noroeste de Minas foi a maior produtora de grãos do Estado no ano de 2013. A posição foi garantida após uma safra 2,9 milhões de toneladas. A quantidade corresponde a 23,8% da colheita estadual. Os números foram divulgados pelo IBGE e mostram um equilíbrio entre as principais regiões produtoras de Minas Gerais.  A produção total do Estado no ano passado foi de 12 milhões de toneladas.

O segundo lugar ficou com o Triângulo Mineiro, com 2,8 milhões de toneladas. Uma participação de 23%. Logo em seguida, aparece o Alto Paranaíba, com 2,6 milhões de toneladas, que equivalem a 22% da safra mineira.

“Os números mostram que temos uma agricultura forte em diferentes regiões. A diversificação da produção agrícola é uma característica do Estado. O Sul de Minas, por exemplo, tradicionalmente conhecido pela produção de leite e café, também tem uma produção expressiva de grãos, de aproximadamente 1,7 milhão de toneladas”, explica o secretário de Agricultura de Minas, Zé Silva.

Municípios campeões

O estudo do IBGE também mostra que Unaí, no Noroeste, manteve a liderança na produção de grãos entre os municípios de Minas. No ano passado, foram colhidas 836,7 mil toneladas. Uberaba, no Triângulo Mineiro, ocupou a segunda colocação, com 737,9 mil toneladas. O terceiro posto ficou com Paracatu, também no Noroeste, com 518,5 mil toneladas. Os municípios que completam a lista dos dez principais produtores são: Buritis (Noroeste), Uberlândia (Triângulo), Perdizes, Sacramento, Coromandel (Alto Paranaíba), Guarda-Mor (Noroeste) e Ibiá (Alto Paranaíba).

Produção de grãos em Minas – 2013

Regiões
Noroeste – 23,8%
Triângulo – 23%
Alto Paranaíba – 22%
Sul de Minas – 14,1%
Demais regiões – 17,1%

Principais municípios

Unaí – 836,7 mil toneladas
Uberaba – 737,9 mil toneladas
Paracatu – 518,5 mil toneladas
Buritis – 397,1 mil toneladas
Uberlândia – 351,7 mil toneladas
Perdizes – 336,3 mil toneladas
Sacramento – 322,1 mil toneladas
Coromandel – 311,3 mil toneladas
Guarda-Mor – 269,8 mil toneladas
Ibiá – 223,8 mil toneladas
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.