quinta-feira, 13 de Janeiro de 2011 00:00h

Novas regras regulamentam trabalho dos motoboys

Denatran determina alteração na habilitação para trabalho sobre 2 rodas.
Prefeitura disse que estuda qual o papel da cidade nesta regulamentação.
Do G1 MG

Uma resolução do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) determinou que motoboys e mototaxistas têm até o dia 2 de agosto para alterar a carteira de habilitação. Em Belo Horizonte, a atividade de motoboy está ameaçada.

Os motoristas vão precisar passar por um curso de reciclagem. Com o certificado do curso de, o motociclista precisa ir ao Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG) pedir alteração dos dados da carteira: a expressão "exerce atividade remunerada" tem que constar no documento.

Dois anos de habilitação na categoria A é o mínimo que a lei exige pra quem quiser exercer a atividade. Além de exigir alguma experiência é preciso preencher o requisito idade: a autorização dos órgãos de trânsito só vai sair para motociclistas que tiverem pelo menos 21 anos.

Os motoristas que utilizam moto para trabalhar vão precisar também de equipamentos especiais como películas refletoras.

A tarefa mais complicada pode ser a de registrar o veículo na categoria "aluguel" e trocar a placa por uma de cor vermelha. Isso pode, ou não, ser autorizado pelas prefeituras, segundo o Denatran.

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) informou que está estudando, junto à procuradoria, qual é o papel do município quanto à regulamentação do motofrete.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.