sexta-feira, 26 de Agosto de 2011 15:35h Agência Minas

Obras do Mineirão impressionam representantes de cidades-sede da Copa do Mundo 2014

O estádio do Mineirão recebeu, nesta sexta-feira (26), cerca de 50 representantes das cidades-sede da Copa do Mundo Fifa 2014. Eles estão em Belo Horizonte para participar do Seminário Técnico de Transporte e Tráfego das Sedes, realizado pela Fifa. O avanço das obras no estádio impressionou os visitantes.

 

“Mais uma vez, Belo Horizonte desenvolve um excelente trabalho em conjunto com a Prefeitura, mostrando seriedade e competência. O que vejo aqui serve de exemplo para todos nós, que estamos trabalhando para cumprir os cronogramas para a Copa do Mundo. Estou muito feliz em poder ver que as coisas estão de fato acontecendo por aqui”, afirmou o secretário de Estado Extraordinário da Copa de Recife, Amir Schwartz.

 

“É impressionante o ritmo das obras, o que não nos deixa dúvida de que o estádio estará pronto em dezembro de 2012, credenciando Belo Horizonte a ser, quem sabe, a principal sede da Copa das Confederações. A Secopa e o consórcio empresa Minas Arena estão de parabéns pelo trabalho, provando que é possível conduzir grandes obras com responsabilidade social e ambiental”, elogiou o presidente do Comitê Executivo Organizador da Copa do Mundo de Belo Horizonte, Tiago Lacerda.

 

“Esse é um momento de compartilhar informações de maneira transparente, trazendo os representantes das cidades-sede para dentro das obras do Mineirão. Essa parceria é muito importante para saber o que todos estão fazendo e como estão fazendo. A troca de experiências possibilita a todos aprimorar os processos”,  concluiu o gerente da Secretaria de Estado Extraordinária da Copa (Secopa-MG), Eder Campos.

 

Três etapas

 

A modernização do Mineirão foi planejada em três etapas. Na primeira, de 25 de janeiro a junho de 2010, foram feitos reparos estruturais das vigas de sustentação do estádio. O custo foi de R$ 8,2 milhões, investidos pelo Governo de Minas. Na segunda etapa, de 26 de junho a 20 de dezembro, foi realizada a demolição de parte da arquibancada inferior e da geral, além de rebaixamento do gramado em 3,4 metros, com recursos também do Governo de Minas no valor de R$ 3,5 milhões.

 

Já a terceira e última etapa teve início em 22 de dezembro de 2010 e será finalizada até 20 de dezembro de 2012. Nessa fase, o Mineirão vem sendo adequado ao mais alto padrão de qualidade estabelecido pela Fifa. Para viabilizar a etapa, orçada em R$ 654 milhões, o Governo de Minas optou pelo modelo da gestão compartilhada.  A empresa Minas Arena conduz a obra e terá direito a operar o estádio por 25 anos.

 

No momento, 1.060 operários trabalham na modernização do Mineirão, sendo 102 mulheres. Já foram instalados 100% dos novos amortecedores e 30% dos blocos de apoio da nova arquibancada; a demolição das áreas interna e externa está praticamente concluída; os serviços de terraplenagem e fundação estão em fase final. O Mineirão estará pronto em dezembro de 2012.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.