segunda-feira, 8 de Junho de 2015 10:25h

Operação do Ipem-MG fiscaliza produtos de festa junina durante todo o mês

Peso anunciado no rótulo é um dos alvos da ação. Representantes das marcas podem acompanhar a análise no laboratório do órgão

Amendoim, canjica, leite condensado, coco ralado, pipoca, cachaça e vários outros produtos estão sendo fiscalizados pela Operação Especial Festa Junina do Instituto de Metrologia e Qualidade do Estado de Minas Gerais (Ipem-MG), que acontece durante todo o mês de junho. O objetivo da ação é intensificar a verificação dos principais produtos consumidos nas festas típicas deste período.

Conforme explica a gerente de Metrologia para Produtos Pré-Medidos do Ipem-MG, Ângela Araújo, na operação os fiscais do Ipem-MG verificam se a quantidade indicada no rótulo dos produtos pré-medidos (aqueles embalados e medidos sem a presença do consumidor) corresponde ao peso real da mercadoria.

“A finalidade dessa ação é aumentar a segurança do consumidor para que ele não seja lesado economicamente. “Se a pessoa adquiriu 1kg de amendoim, por exemplo, deve levar 1kg do produto”, esclarece.

Os representantes das marcas dos produtos podem acompanhar todo o processo de análise dos itens verificados no laboratório do órgão. Para isso, as verificações são comunicadas com antecedência às empresas.

Denúncia

O consumidor que encontrar ou suspeitar de alguma irregularidade pode denunciar o fato à Ouvidoria do Ipem-MG, no telefone 08000 335 335. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30, e é um canal de comunicação direto e imparcial entre o Instituo e a população.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.