terça-feira, 4 de Outubro de 2011 10:17h Liziane Ricardo

Operação Tapa Buracos em Itaúna

Município passou também por limpeza de bueiros

O mês de setembro trouxe consigo a chegada da primavera que dá início a eminência das chuvas, e a Prefeitura de Itaúna, através da Secretaria de Infraestrutura, iniciou na última semana a limpeza e a troca de tampas de bueiros do município. Para realizar o trabalho a Secretaria montou uma equipe especializada que intensificará o trabalho nos próximos meses, preparando as valas para o recebimento do alto volume de água e trabalhando durante todo ano a fim de manter o perfeito escoamento pluvial.


A ação de limpeza se iniciou pelo Centro, priorizando as regiões mais baixas, como a da avenida São João e Jove Soares, locais onde o fluxo de água é maior. Nesta semana a equipe trabalha no bairro Garcias, e já contemplou as ruas Sete de Setembro e Ludovico Dias.


Mais de 100 bueiros já foram limpos e cerca de 15 tampas foram trocadas. Nas ruas de trânsito mais intenso, com alto fluxo de carretas e caminhões pesados, a Secretaria de Infraestrutura está substituindo as tampas de concreto por tampas de aço que suportam um maior peso.


Segundo o secretário de Infraestrutura a fábrica de pré-moldados da Secretaria está em pleno vapor, produzindo mais tampas para a equipe de limpeza dos bueiros. “A equipe trabalha em ritmo acelerado em busca de evitar e minimizar os alagamentos nas regiões mais baixas do município”.

 


Paralelo à equipe de limpeza, a Secretaria de Infraestrutura, iniciou a operação tapa buracos. A equipe trabalhou nas ruas Zé Cavaquinho e Glauco Corradi no bairro Aeroporto. Hoje, 28 de setembro, os trabalhos se estenderam pela rua Cunha Quitão, rua das Palmeiras e Wandeir Nogueira, dos bairros São Geraldo e Chácara do Quitão. Aproximadamente 100 buracos são tapados por dia. Os trabalhos terão prosseguimento durante toda a semana.


Para o prefeito Eugênio Pinto a antecipação da limpeza dos bueiros e a operação tapa buracos são de fundamental importância na prevenção de riscos com a saúde e gastos com a manutenção de veículos. “Para o bom funcionamento dos serviços prestados à população é preciso que as secretarias trabalhem sempre em carácter preventivo. Assim, é possível reduzir os gastos públicos com serviços de urgência e emergência e direcionar investimentos em prol da qualidade de vida da população”.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.