quinta-feira, 20 de Março de 2014 05:29h Liziane Ricardo

Outono chega, mas não compensará chuvas escassas do verão

Depois de vivenciarmos um verão extremamente seco e com temperaturas elevadíssimas, a expectativa dos brasileiros é de que o outono seja um período mais refrescante e ameno com relação a umidade relativa do ar.

Segundo meteorologistas, o Outono que começará oficialmente às 13h57 de hoje, é uma estação de transição entre o verão e o inverno, por isso é natural que o período possua características de ambas as estações com a passagem de possíveis fenômenos.
Estão previstas frentes frias, massas polares (fenômeno de inverno) e ainda a possibilidade de formação da zona de convergência do Atlântico Sul (fenômeno de verão) além da passagem de ciclones extratropicais que são normais do meio da estação em diante.
De acordo com o meteorologista Alexandre Nascimento a expectativa para os próximos meses é de que a temperatura caia gradativamente. “Para abril esperamos chuva no Sul, São Paulo e em parte de Minas Gerais. Já a maior parte das frentes frias se instalarão no norte do país”, analisa. O meteorologista afirma ainda que o calorão de verão irá acabar considerando que já no mês de maio, haverá a passagem de inúmeras frentes frias que trarão mais queda na temperatura do que propriamente a chuva que todos os brasileiros esperavam para 2014, uma vez que os reservatórios apresentam nível abaixo do necessário para o abastecimento em diversas regiões do Brasil.
Conforme as previsões meteorológicas do site “Clima Tempo”, é possível que não chova durante todo o mês de maio em grande parte da região Sudeste (Minas Gerais), no entanto os especialistas acreditam que as temperaturas não serão de frio intenso neste outono.

 

FALTA DE CHUVAS
Na região Sudeste a preocupação é muito grande devido a falta de chuvas durante o verão e segundo os meteorologistas estas chuvas não serão compensadas no outono. Depois de um verão muito seco e quente, a segunda quinzena de fevereiro e o mês de março que são os períodos esperados para chover não atingiram as expectativas necessárias para nivelar os reservatórios. O mês de abril poderá começar úmido, mas posteriormente as temperaturas poderão cair e o tempo poderá ficar seco novamente.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.