terça-feira, 19 de Novembro de 2013 09:30h Redação

perações de Pepro e de Contratos de Opção de milho foram transferidas para dia 22

O leilão de Pepro de milho e a operação de repasse de 9.260 Contratos de Opção de Venda (COV) do produto, oriundo de Mato Grosso, foram transferidos para a próxima sexta-feira (22). As operações estavam previstas para amanhã (20), mas foram adiadas a pedi

O leilão de Pepro de milho e a operação de repasse de 9.260 Contratos de Opção de Venda (COV) do produto, oriundo de Mato Grosso, foram transferidos para a próxima sexta-feira (22). As operações estavam previstas para amanhã (20), mas foram adiadas a pedido do Ministério da Agricultura (Mapa).
     O Pepro será para a venda e escoamento de 800 mil toneladas de milho do Mato Grosso e visa reduzir a pressão que a entrada da safra recorde no mercado exerce sobre os preços. A novidade desta operação está no destino do milho. O produto agora também pode ser vendido e escoado para Rio Grande do Sul e Santa Catarina, beneficiando pequenos criadores desses estados. A venda não poderá ocorrer nos estados que compõem a região Centro Oeste e os estados da Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Piauí, Rondônia e Tocantins.
    Em relação ao repasse COV, serão oferecidas 200 mil toneladas do produto para o Norte e Nordeste (exceto Rondônia, Pará, Tocantins, Maranhão, Piauí e os municípios da região oeste da Bahia). Outras 50 mil toneladas serão destinadas para os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo e as cidades do norte de Minas Gerais que integram a área de atuação da Sudene. (Antônio Marcos da Costa / Conab)

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.