segunda-feira, 19 de Setembro de 2016 12:44h Newton Paiva

Pesquisa inédita sobre medicamentos de baixo custo que podem aliviar a dor em casos de artrite reumatoide será apresentada por professora da Newton Paiva em congresso no Japão

Vinculada ao projeto de doutorado em Ciências Farmacêuticas da professora mestre e doutora Marcela Bini, pesquisa avaliou compostos do grupo das vitaminas B, como a nicotinamida, que têm custos baixos e resultados eficazes

A farmacêutica e professora mestre e doutora dos cursos de Farmácia, Odontologia, Medicina Veterinária e Psicologia da Newton Paiva, Marcela Bini, está de malas prontas para o Japão, onde irá participar do World Congress of Pain, maior evento relacionado ao estudo da dor no mundo que acontece em Yokohama, entre os dias 26 e 30 de setembro. Uma das poucas representantes brasileiras no Congresso, Marcela apresentará a pesquisa vinculada ao seu projeto de doutorado em Ciências Farmacêuticas, iniciado em 2012, onde ela avaliou, de forma inédita, os efeitos de compostos do grupo das vitaminas B em casos de artrite reumatoide. Entre eles, fármacos seguros e de baixo custo, como a nicotinamida, utilizada em casos de deficiências vitamínicas.

"Encerrei a parte experimental há dois meses e os resultados foram promissores. A dor é o sintoma que mais gera desconforto nos pacientes com artrite e a pesquisa apontou dados positivos em relação ao alivio dessa dor”, explica a professora. Segundo ela, esse campo de pesquisa na área da Farmácia busca novos fármacos, com otimização de custos. “O reposicionamento de fármacos é bastante estratégico, principalmente em países em desenvolvimento ou com baixos investimentos em pesquisa”, diz Marcela animada com a possibilidade de apresentar sua pesquisa no evento que é referência mundial e, principalmente, com o que pode significar para os pacientes que sofrem com as dores causadas pela artrite reumatoide.

 “Ter oportunidades desse nível é realmente gratificante e recompensador, e um grande incentivo para muitos alunos e futuros profissionais”, relata a professora, que iniciará uma nova etapa da pesquisa a partir da publicação dos resultados no World Congress of Pain e em artigos científicos. “A pesquisa não pode parar! Vamos levar os resultados obtidos e apresentá-los a outros pesquisadores da área que possam ampliar a investigação em ensaios clínicos e de melhor compreensão dos mecanismos envolvidos”, diz.

A participação no congresso também incentiva os alunos a enxergarem a área da pesquisa científica como um campo real de trabalho e mostra que o farmacêutico já possui um grande leque de opções de atuação no mercado, seja em redes de drogarias, hospitais, indústrias e laboratórios ou em outros setores que fazem parte das competências do farmacêutico e oferecem cargos de gestão em saúde e farmácia clínica.

Graduada em Farmácia, com habilitação em Análises Clínicas e Toxicológicas (2009), mestre (2012) e doutora em Ciências Farmacêuticas (2016), Marcela viaja com o apoio do IASP- International Association for the Study of Pain, que promove o Congresso. Membro do IASP desde 2012, ela ganhou o prêmio oferecido para trainees e jovens pesquisadores e que compreende a isenção da taxa de inscrição no evento e auxílio financeiro para o deslocamento para o Japão.

 

Sobre o curso de Farmácia da Newton Paiva:

A Newton foi uma das primeiras instituições de ensino superior privado a oferecer o curso de Farmácia em Minas Gerais, em 1998, e desde então ajuda a desenvolver profissionais capacitados a atuar nos eixos de cuidado em saúde; tecnologia e inovação em saúde e gestão em saúde. A graduação em Farmácia conta com uma moderna infraestrutura laboratorial, além de uma Clínica de Atenção Farmacêutica, onde os acadêmicos exercitam os aprendizados como auxílio à população no gerenciamento de sua terapia farmacológica; um Centro Farmacêutico e o Fab Lab Newton, um laboratório de fabricação digital que incentiva e facilita a criação de projetos inovadores. O curso de Farmácia da Newton está em destaque há mais de um ano no Ranking Universitário Folha e é um dos dez mais bem avaliados pelo mercado, segundo pesquisa Datafolha, realizada com amostra de 1.681 responsáveis pelos recursos humanos das empresas que atuam na área dos 30 cursos de graduação verificados pelo ranking.

 

Sobre o Centro Universitário Newton Paiva

Com sede em Belo Horizonte (MG), o Centro Universitário Newton Paiva oferece uma ampla oferta de cursos de graduação tradicional, tecnológica e a distância, e de pós-graduação, com nível acadêmico de alta qualidade - 80% do corpo docente formado por mestres e doutores. Conta com modernos laboratórios, centros e núcleos de prática em diversas áreas do conhecimento e programas de iniciação científica e extensão. Além da qualidade de ensino reconhecida e de privilegiar a prática, a Newton investe permanentemente no relacionamento com o mercado, firmando importantes parcerias para proporcionar a seus alunos as melhores perspectivas e oportunidades profissionais, incluindo convênio e acordos com instituições educacionais internacionais. 

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.