segunda-feira, 5 de Outubro de 2015 11:58h Agência Minas

Pesquisa mineira ajuda a mapear a dengue no Brasil

Inquérito coleta sangue de voluntários em 63 municípios. Processo liderado por laboratório de Belo Horizonte apontará histórico de contato com os quatro sorotipos do vírus

Superando 1 milhão de casos registrados no Brasil apenas no primeiro semestre deste ano – mais do que o dobro do ano passado, de acordo com o Ministério da Saúde –, a dengue é foco de plano nacional que visa elaborar uma estratégia para a possível introdução de uma vacina no calendário oficial de imunizações. Quatro estudos contratados pelo governo federal buscam obter um detalhamento da doença de acordo com as diferentes realidades do território nacional.

Parte desta frente é o inquérito nacional de soroprevalência, liderado por um laboratório mineiro e que obtém amostras de sangue de voluntários de 63 municípios. O objetivo é realizar exames e detectar anticorpos da classe IgG contra o vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. O resultado indicará se a pessoa teve contato anterior com um dos quatro sorotipos do vírus: Denv-1, Denv-2, Denv-3 e Denv-4.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.