segunda-feira, 16 de Maio de 2016 13:01h Atualizado em 16 de Maio de 2016 às 13:03h. Agência Minas

Pesquisador desenvolve tecnologia para coleta de sangue com resultado instantâneo

Projeto submetido ao financiamento Pró-Inovação da Fapemig realiza teste rápido com apenas uma gota de sangue

Uma tecnologia desenvolvida pelo pesquisador Luiz Augusto Pinto para exame de sangue, promete trazer benefícios importantes para os pacientes da rede pública de saúde. A tecnologia denominada TLR ANFITECH utiliza apenas uma gota de sangue para análise podendo ser feita em qualquer local, com resultado na hora. Testes preventivos de colesterol e triglicerídeos, por exemplo, podem ser feitos na hora e na frente do paciente.

Além do benefício de fazer com que a coleta e análise do sangue possa ser feita em qualquer local, o invento elimina o custo do transporte do sangue para qualquer laboratório central. Outro benefício apontado pelo pesquisador é levar diagnóstico para toda a população que não tem acesso aos serviços prestados pelos laboratórios tradicionais que atendem ao SUS e aos Planos de Saúde.

 

 

 

O procedimento do exame é simples e semelhante ao de medição de glicose. “A gota de sangue coletada é misturada ao reagente específico e depois colocada no equipamento eletrônico, que faz a leitura e emite o resultado” explica Augusto. Em seguida, o dispositivo emite o resultado do exame na mesma hora.

O pesquisador atribui ainda, a eficiência do exame ao reagente que é misturado ao sangue.  O produto, também produzido por ele foi desenvolvido a partir de anticorpos sintéticos, sem a utilização de animais e com pouco impacto ambiental.

O projeto foi submetido ao programa pró-inovação em busca de apoio financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig). A linha de financiamento Pró-Inovação foi criada por meio da parceria Fapemig/BDMG com o objetivo de apoiar projetos de desenvolvimento com foco na inovação de produtos, processos e serviços de empresas instaladas em Minas Gerais.

 

 

 

Próximos passos

Para que a tecnologia esteja disponível na rede pública, o TLR ANFITECH, ainda será submetido a alguns trâmites. O primeiro deles, diz respeito à solicitação de financiamento à Fapemig, de acordo com o pesquisador. Em seguida o projeto precisa ser testado nos hospitais públicos. Atualmente ele é utilizado em hospitais privados em São Paulo.

 

 

 

Pró-Inovação

O programa Pró-Inovação tem o objetivo de apoiar projetos de desenvolvimento com foco na inovação de produtos, processos e serviços de empresas instaladas em Minas Gerais. É um financiamento para quem busca novas formas de crescer.

 

 

 

Financie seu projeto

A empresa interessada em receber o financiamento para algum projeto de pesquisa deve preencher o Formulário Pró-Inovação e o Quadro de Usos e Fontes Pró-Inovação. O documento deve ser enviado em formato eletrônico para o endereço [email protected]e também na versão impressa protocolada na Fapemig.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.