quinta-feira, 9 de Agosto de 2012 10:09h Gazeta do Oeste

Pichações nas escolas estaduais aumentam 160%

Os furtos também registraram alta, passando de 89 para 118 nos colégios municipais e de cem para 106 nos estaduais, de acordo com a Polícia Militar. As ocorrências de dano são as mais expressivas quantitativamente.

 Ações de vândalos em escolas estaduais e municipais de Minas cresceram, no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2011. O aumento mais significativo foi das pichações: as ocorrências subiram 160% nas instituições do Estado e 85,71% nas escolas administradas pelos municípios.

 

 

Os furtos também registraram alta, passando de 89 para 118 nos colégios municipais e de cem para 106 nos estaduais, de acordo com a Polícia Militar. As ocorrências de dano são as mais expressivas quantitativamente. Nos seis primeiros meses deste ano, houve 578 nas instituições do Estado e 341 nas municipais.


Números que, para especialistas, podem representar a realidade das escolas que, até então, procuravam não se expor.

 

Sem alarde


“Existe uma pressão em cima da direção quando a polícia é chamada. Ocorre até mesmo penalidade, por isso os educadores procuravam resolver os problemas internamente”, afirma o sociólogo e professor da UFMG Luiz Alberto Oliveira Gonçalves.

 

Ele explica que, em caso de pichação, por exemplo, a escola precisa emitir um laudo para requisitar a pintura e justificar o pedido. Por isso, os registros estariam sendo feitos junto à PM sistematicamente.


Reflexo

 

Para o sociólogo, a violência nas escolas são também um reflexo do cenário fora delas. “O combate passa pela discussão do problema. O fato de sabermos que ele existe e procurarmos uma solução já é um avanço”, diz.


No geral, as ocorrências nas escolas caíram no primeiro semestre deste ano, em relação a 2011. Até junho, a PM atendeu a 2.714 casos em instituições de ensino do Estado e a 1.822 nos municípios.

 

A Secretaria de Estado da Educação informou que os dados mostram que têm surtido efeito as ações preventivas e pedagógicas da Secretaria para garantir a segurança nas escolas, dentre elas o programa de Patrulha Escolar.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.