terça-feira, 10 de Março de 2015 12:04h

Pimentel destaca parceria com os municípios durante posse da Granbel

Governador renovou compromisso de trabalhar em conjunto com prefeitos na busca por soluções que beneficiem a população da Região Metropolitana de Belo Horizonte

O governador Fernando Pimentel participou, nesta terça-feira (10/3), no Palácio Tiradentes, em Belo Horizonte, da solenidade de posse da nova diretoria da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel). A parceria do governo do Estado com as 34 cidades que compõem a associação foi destacada por Pimentel como o principal caminho na busca de soluções dos problemas enfrentados pelos cidadãos mineiros.
Participaram da solenidade o vice-governador Antônio Andrade, os secretários de Estado de Governo, Odair Cunha, de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, de Desenvolvimento Econômico, Altamir Rôso, de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares, da Secretaria-Geral da Governadoria, Eduardo Serrano, de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais, Paulo Guedes, de Trabalho e Desenvolvimento Social, André Quintão, e de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana, Tadeu Leite; o presidente da Assembleia Legislativa de Minas, Adalclever Lopes, prefeitos da Região Metropolitana e vereadores, entre outras autoridades.
Em seu discurso, Pimentel ressaltou a importância do trabalho dos prefeitos, destacando a importância da ação conjunta entre o governo do Estado e os municípios. Desde o início da gestão, o governador já se reuniu diversas vezes com as lideranças municipais para ouvir as demandas. “Não há outra maneira de governar que não seja assim, se aproximando dos agentes políticos municipais, que são os mais importantes para achar boas soluções para os problemas que afligem o nosso cidadão e a nossa cidadã”, afirmou.
O governador reconheceu as dificuldades enfrentadas pelos gestores e relembrou a sua experiência como prefeito de Belo Horizonte. “Sei das dificuldades que é enfrentar uma administração municipal, e como elas se agravaram com o tempo. A legislação se tornou mais exigente, mais severa. Mas sei, também, do empenho e do compromisso que cada um dos nossos prefeitos e prefeitas da região metropolitana tem com sua cidade e seus cidadãos”, afirmou.
A Granbel representa 34 municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde está concentrado um quarto da população do Estado. A nova diretoria é composta pelo prefeito de Vespasiano, Carlos Murta (presidente), a prefeita de Ribeirão das Neves, Daniela Corrêa (vice-presidente), o prefeito de Nova Lima, Cássio Magnani (diretor tesoureiro), a prefeita de Rio Manso, Neide de Morais Melo Lucena (diretora secretária) e o prefeito de Esmeraldas, Glacialdo de Souza Ferreira (diretor administrativo).
A união dos municípios para resolver os problemas da população foi defendida por Pimentel. Segundo ele, “os municípios trabalham juntos, se consorciam, apontam caminhos para solucionar e o Estado respalda essas soluções e, com isso, melhoramos a vida das pessoas”. O governador também elogiou a atuação da associação, que está completando 40 anos em 2015. “Ela é um exemplo para o Brasil inteiro de consórcio para buscar soluções efetivas para os problemas da população”, ressaltou.

Demandas
A nova diretoria da Granbel já traçou as principais pautas de reivindicações junto ao governo estadual. Entre elas, estão o fortalecimento da segurança pública, a melhoria no transporte, incluindo a melhor utilização da malha ferroviária intermunicipal, a ampliação da rede de tratamento de água e esgoto e mais investimentos em educação.
O novo presidente da entidade, Carlos Murta, reconheceu a atual situação financeira do Estado, mas acredita na melhoria dos investimentos na região. “Sei das dificuldades do governo do Estado recebidas de uma administração que esteve no poder por 12 anos. Recebemos uma máquina sucateada. Nós saberemos lubrificar essa máquina na capacidade, na honradez e na vontade de servir o povo de Minas pelo nosso governador Pimentel”, discursou.
Murta ainda elogiou a abertura do governo em receber as reinvindicações dos prefeitos. “São cidades com potencial, mas com dificuldades de atender aos anseios de seus cidadãos. Sei das grandes dificuldades, mas a Granbel, hoje, se irmana ao governo do Estado. Nós seremos um braço para tentar ajudar o nosso governador a trazer soluções para o Estado e, principalmente, para aquela que nós representamos, que é a Região Metropolitana”, completou.
 


Crédito: Manoel Marques/Imprensa MG

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.