quinta-feira, 3 de Março de 2016 13:27h Agência Minas

Pimentel recebe camisas de Atlético e Cruzeiro com novo patrocinador

Governador foi um dos intermediadores da negociação com Caixa Econômica Federal, que, pela primeira vez, está patrocinando os times mineiros

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, recebeu, nesta quinta-feira (3/3), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, os dirigentes do Clube Atlético Mineiro e do Cruzeiro Esporte Clube para a apresentação das novas camisas dos times, que contam com o patrocínio da Caixa Econômica Federal. Pela primeira vez na história, os times mineiros podem contar com o recurso da estatal, que teve o apoio do governador na negociação. O vice-governador Antônio Andrade também participou do evento.

No ano passado (2015), Fernando Pimentel recebeu dos dirigentes dos clubes a demanda para conseguir o patrocínio. Em janeiro deste ano, Atlético e Cruzeiro assinaram contrato com a Caixa para estamparem a sua marca em seus uniformes. Cada clube receberá cerca de R$ 12,5 milhões.

 

 

 

“O esporte merece e precisa da atenção do governo, se não diretamente com financiamentos, que nós não podemos fazer, mas indiretamente usando as empresas estatais, seja do governo federal ou do governo do Estado, para o esporte ter a projeção que precisa”, afirmou o governador em seu discurso.

Pimentel ainda valorizou a importância dos clubes para o Estado. “São clubes que representam o estado de Minas Gerais internacionalmente. Temos que manter o diálogo, a parceria. Isso é importante para o Estado. Além da dimensão cultural e afetiva que o nosso povo tem, ele tem uma dimensão econômica muito importante, então vamos ficar atentos a isso. Contem com o governo do Estado que nós vamos sempre ajudá-los”, finalizou.

 

 

Valorização

Para o presidente do Atlético, Daniel Nepomuceno, havia uma “injustiça” com os clubes de Minas Gerais e o trabalho do governador ajudou a resolver a situação. “Um ato de total sensibilidade e empenho do governador nessas semanas viraram o jogo, corrigiram essa injustiça, colocaram a importância que Atlético e Cruzeiro tem no cenário nacional. Já existia uma cota, mas que precisava desse líder para poder nos ajudar”, afirmou.

 

 

Já o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, relembrou o esforço dos clubes para conseguir o patrocínio da Caixa. “Há muitos anos, vínhamos pleiteando, lutando, tentando, quase conseguíamos, mas não logramos êxito em estampar nas camisas dos nossos clubes o patrocínio da Caixa. Esse é um grande serviço prestado a Minas. Minas Gerais precisava não ficar abaixo de clubes de outros estados”, disse.

 

 

Além de outros dirigentes dos clubes, também participaram do evento o presidente da Federação Mineira de Futebol, Castellar Modesto Guimarães Neto, e os secretários de Estado de Esporte, Carlos Henrique, de Turismo, Mário Henrique Caixa, de Governo, Odair Cunha, da Casa Civil e de Relações Institucionais, Marco Antônio Teixeira e da Secretaria-geral da Governadoria, Eduardo Serrano.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.